sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

ANVISA REGISTRA 5 NOVOS GENÉRICOS NO BRASIL INCLUINDO O DIENOGESTE (ALLURENE)

Sem dúvidas essa é uma noticia muito importante para quem tem Endometriose e para quem faz uso da medicação ALLURENE!! 
A ANVISA aprovou ontem o registro de 5 novos genéricos, ainda inéditos, no Brasil e o DIENOGESTE ( principio ativo do Allurene) se encontra nessa lista!!

Isso que dizer que a partir de agora está liberado a fabricação de uma medicação que seria o genérico do Allurene.

Para quem não sabe, o Allurene é uma medicação hormonal, em comprimidos, composto por um progestogenio semi-sintético conhecido como “dienogeste” e deve ser tomado diariamente sem pausa. Embora tenha efeitos colaterais bem acentuados, é a única medicação que foi destinada exclusivamente para as portadoras de endometriose.

Um dos grandes problemas do Allurene, além dos desagradáveis efeitos colaterais, é sem dúvida o valor!! A medicação chegou ao Brasil custando nada mais nada menos que R$170 a 200 ( podendo variar o valor de acordo com a região). Mesmo com o desconto ofertado pelo fabricante, Bayer, acaba sendo uma medicação de alto custo e que não entra na lista dos remédicos oferecidos pelo governo. Inclusive já falamos sobre isso no texto: ALLURENE Medicação feita para enriquecer quem não tem Endometriose!




O que acontece, a partir de agora, é que como uma medicação genérica tem um custo cerca de 35% mais barato, sem dúvidas, vai ajudar bastante o bolso das portadoras de endometriose que fazem uso dessa medicação.

Lembrando que ainda não sabemos ao certo quando está medicação genérica estará disponível nas farmácias e, principalmente, se a quantidade de dienogeste será a mesma contida no Allurene. Acreditamos que sim mas precisamos esperar ainda as próximas noticias mas de toda forma, só o fato do dienogeste está na lista das substancias genéricas, abre a possibilidade da diminuição do custo dessa medicação por conta da concorrência que vai começar a se instalar!!!


Até a próxima!!!

Equipe GAPENDI
Luciana Diamante
Marilia Rodrigues

9 comentários:

  1. É o tipo de notícia que todo grupo espera ouvir, quando sabe que seu problema não é encarado de forma séria pela administração pública brasileira. Tomara que seja mesmo um medicamento alternativo de custo reduzido para aquelas que precisam fazer uso do mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Meninas, alguém tem alguma novidade sobre laboratórios interessados em produzir e fornecer este genérico?

    ResponderExcluir
  3. Tomará que agilizem a fabricação, só nós que temos essa doença, sabemos o quanto dói no corpo e no bolso!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia !
    na minha região sul, tive a noticia do Pietra ED da Eurofarma. se tornando muito mais em conta em torno de 95,00 a caixa com 30 comprimidos.

    ResponderExcluir
  5. Gente eu acabei de sair da farmácia pague menos, sim já está no mercado e se chama pietra!!! E o mesmo princípio ativo mesmo, vou começar a tomar hoje e seja o que Deus quiser

    ResponderExcluir
  6. Pessoal, agora a Eurofarma já está produzindo o genérico do Allurene. Tomei um susto quando o farmacêutico me ofereceu, não tive coragem de comprar. Tenho consulta semana que vem e vou perguntar a minha médica.

    ResponderExcluir
  7. Alguém sabe o andamento desse processo dos genéricos?

    ResponderExcluir
  8. Bom dia , eu usava o Allurene, desde quando fiz a cirurgia... 1 mês antes já tinha começado a tomar; porém pedi ao médico se tinha algum outro mais em conta, pois já havia 5 meses que eu estava tomando, estou usando o PIETRA ED, faz 2 meses...estou irritada, com cólica e dores nas pernas, ...talvez seja o efeito colateral, pois com o Allurene aconteceu o mesmo nos primeiros meses, meu esposo estava ficando doido comigo,mas depois passou.

    ResponderExcluir