BEM-VINDA AO BLOG DO GAPENDI!

Endometriose: SabendEndo e ApredendEndo a Conviver!

sábado, 22 de janeiro de 2011

VERDADES E MENTIRAS SOBRE A ENDOMETRIOSE



Boa noite, guerreiras!

Hoje vamos falar sobre as "Verdades e Mentiras" da endometriose. Não é raro lermos ou ouvirmos comentários totalmente equivocados sobre a nossa doença. Isto acontece porque a endometriose é um verdadeiro enigma. Cada um faz sua própria tentativa de explicá-la, baseando-se nas suas próprias experiências ou na história que ouviu de uma amiga, prima, irmã, cunhada...

Ao longo da minha caminhada ouvi (e li) muitas dúvidas, mitos e asneiras sobre a endometriose. E acredito que é importante tentar organizar um texto que procure explicar e desmistificar a doença.

Vamos, então, para algumas das "Verdades e Mentiras" sobre a endometriose:

1) A Endometriose é uma doença no útero. MENTIRA!


Há um grande equívoco nesta afirmação. A endometriose é uma doença crônica que ocorre quando o tecido que reveste a cavidade uterina (chamado endométrio) é encontrado fora do útero, ou seja, dentro do abdômen. Ela pode estar presente em qualquer lugar da cavidade pélvica, como por exemplo, nos ovários, tubas uterinas, ligamentos que sustentam o útero, na área entre a vagina e o reto (septo retovaginal) e no revestimento da cavidade pélvica (peritôneo). Eventualmente, a endometriose pode surgir na superfície externa ou na musculatura interna do útero, neste caso recebe o nome de "Adenomiose". Vale lembrar que em alguns casos, a Endometriose também pode atingir outros órgãos, como a bexiga, intestino, vagina, colo do útero, vulva e cicatrizes cirúrgicas abdominais. Existem ainda, relatos que mostram focos de Endometriose em locais raros, como a pele, pulmão, coluna vertebral e cérebro.


2) A Endometriose é uma doença sem cura. VERDADE!


Infelizmente, a endometriose AINDA NÃO tem cura. Digo, "ainda" porque existem algumas pesquisas em andamento e acreditamos que logo, logo encontrarão nossa tão sonhada "cura". Porém, devo dizer que EXISTE TRATAMENTO, e para muitas mulheres, é possível controlar seus sintomas através de uma combinação de tratamentos prolongados.


3) A Endometriose é uma doença infecciosa que pode ser transmitida sexualmente. MENTIRA!


Apesar de não se ter conhecimento exato sobre a causa da endometriose, sabe-se que ela NÃO pode ser transmitida de um ser humano para outro e não é uma doença infecciosa.


4) A Endometriose pode ser hereditária. VERDADE!


Pode ser, não se sabe ao certo se é. O fato é que pesquisas mostram que parentes de primeiro grau de mulheres com esta doença têm mais probabilidade de desenvolver a endometriose. Recentemente foi publicado o resultado parcial de um estudo que visava descobrir as variantes genéticas que poderiam estar associadas ao aparecimento da Endometriose. Ao que parece, descobriram que dois cromossomos (1 e 7) podem estar intimamente relacionados ao desenvolvimento da doença, o que daria características genéticas à mesma. A pesquisa continua em andamento. Vamos aguardar para novas informações.


5) Cólicas moderadas durante a menstruação são normais. MENTIRA!


Esta afirmação é totalmente equivocada e perigosa! É claro que esta idéia vem arraigada em nossa cultura há algum tempo. Nossas mamães, vovós, titias já nos diziam isto: "Cólica é normal, quando você casar passa". Não é culpa delas. Naquela época (a da vovó principalmente), pouco se diagnosticava a endometriose por vários motivos. Primeiro, porque as mulheres passavam menos tempo menstruando (iam tendo um filho após o outro) e segundo porque a endometriose era uma completa desconhecida, até para os médicos! Com o passar dos anos muitas coisas mudaram. As mulheres sairam de casa e foram atrás da sua carreira profissional; casamento e filhos ficaram para segundo plano. Com isto passaram a menstruar mais vezes e ficaram bem mais estressadas. Nada de errado com estas mudanças, não fosse pelo fato de que este "novo estilo de vida" está entre uma das explicações dadas para a causa da endometriose. Quer dizer: quanto mais menstruações e mais estresse, maiores as chances de desenvolver a doença. Desta forma, as cólicas durante o período menstrual, têm levado muitas mulheres aos consultórios dos ginecologistas e, infelizmente, alguns destes médicos continuam ouvindo nossas avós! Conheço várias meninas que descobriram a endometriose tardiamente porque ouviram seus próprios ginecologistas dizerem que sentir cólica é normal! Olha o perigo! Por isto, muita atenção: se você sofre com cólicas durante o período menstrual e está reparando que elas não passam nem tomando aquele analgésico que está acostumada, fique atenta! Pode ser endometriose! Ou não! Na dúvida, investigue!


6) Mulheres com endometriose nunca poderão engravidar. MENTIRA!


O legal de contestar esta afirmação é que temos várias portadoras que podem comprovar exatamente o contrário! É claro que a infertilidade está entre um dos principais sintomas desta doença. É fato também que as portadoras de endometriose têm muito mais dificuldade para engravidar em comparação às outras mulheres, pois a doença pode causar obstrução tubária, aderência entre os órgãos, cistos ovarianos e inflamação na pelve. Mas isto não quer dizer que jamais conseguirão. Felizmente, hoje, com o avanço da medicina e das técnicas de Reprodução Assistida, é possível tratar a endometriose de forma que a mulher consiga alcançar seu desejo de engravidar. Claro, nem todas têm acesso a estes tratamentos, e mesmo as que tem, podem nunca engravidar, pois existem inúmeros outros fatores (relacionados ou não à endometriose) que também podem dificultar a gravidez.


7) Mulheres com endometriose sofrem com dores incapacitantes. VERDADE!


Nas postagens anteriores, falamos muito sobre as "dores da endometriose". A dor é o principal sintoma da doença e o principal problema também! A inflamação dos órgãos, as aderências, os cistos ovarianos, o sangramento abdominal são alguns dos motivos para as dores. Algumas mulheres relatam sentir dor todos os dias, outras sentem durante a menstruação, e outras têm dores específicas, como para evacuar ou urinar. O fato é que a doença causa dor e por isto nunca se deve deixar de tratá-la.


8) A histerectomia (retirada do útero) cura a endometriose. MENTIRA!


Algumas pessoas imaginam que se o útero da portadora de endometriose for retirado, ela estará curada da doença, pois não irá mais menstruar! Isto seria verdade se a endometriose fosse uma doença no útero. Mas... como já desmistificamos no primeiro item da nossa lista, a endometriose é uma doença que acomete, principalmente, os órgãos fora do útero. O que quer dizer que mesmo sem o útero, a portadora de endometriose continua a menstruar! Sim, pois os implantes de endométrio que se encontram "grudados" em outros órgãos, responderão ao estímulos hormonais e funcionarão como pequenos endométrios, crescendo e menstruando, com a diferença que, neste caso, o sangue não tem como sair do corpo, acumula-se na pelve causando inflamação, aderências e todos os sintomas que já mencionamos. Logo, a histerectomia é um último recurso que não garante um alívio completo das dores e só surtirá efeito se for possível retirar todos os implantes da doença durante a cirurgia. Difícil...


9) A gravidez cura a endometriose. MENTIRA!


Recentemente li a entrevista de uma atriz global fazendo a seguinte afirmação: "Conheci mulheres com a doença, mas depois que elas têm filho o problema passa". A falta de informação é algo muito prejudicial para as portadoras da doença. Sempre ouvimos que o melhor tratamento para a endometriose é a gravidez. Ok! Isto é verdade. A gravidez serve como um tipo de TRATAMENTO natural para CONTROLAR a doença, mas não traz a cura e não faz o "problema passar"! Aliás, a endometriose não é como um simples resfriado que "vai passar", é na verdade uma doença crônica, e como já dissemos, sem cura.  Além disto, preciso dizer que chega a ser irritante e incoerente quando os médicos nos mandam engravidar. Oras! Não é justamente esta a nossa maior dificuldade? Engravidar?  Coisa mais sem sentido!


10) Portadoras de endometriose são mais vulneráveis à depressão. VERDADE!


Acredito que todas as pessoas com algum tipo de doença crônica, estão mais propensas à depressão. Com a portadora de endometriose não é diferente. Sendo uma doença tão complexa, cheia de dores e infertilidade, com um tratamento longo, difícil, e por vezes, sem resultados; é compreensível ficar deprimida. E, para piorar, muitas vezes somos mal compreendidas, nos deixando a sensação de estarmos sofrendo sozinhas com a doença. Quando a depressão aparece, a melhor solução é buscar ajuda, seja através dos grupos de apoio (virtuais ou não), tratamento psicoterápico, ioga, acupuntura, religião, entre outras. O importante é não se entregar à doença e à depressão.



11) A endometriose é uma doença de mulher branca, com ensino superior e classe média alta. MENTIRA!


Deslavada! Eu gostaria muito de ficar frente a frente com o responsável por espalhar tamanha asneira! A única verdade nesta afirmação é que a endometriose é uma doença de mulher (os homens podem ficar despreocupados quanto a isto)! É bom que fique claro: A endometriose é uma doença de QUALQUER mulher em fase reprodutiva (é mais difícil desenvolvê-la depois da menopausa). Ela não escolhe cor de pele, grau de escolaridade, muito menos classe social econômica. Eu arriscaria até em dizer que a maior parte das portadoras gostariam de poder ser ricas para tratar a doença!


12) A endometriose é uma doença maligna como um câncer. MENTIRA!


Explicamos que na endometriose, células do endométrio, crescem e se desenvolvem fora do seu lugar habitual, ou seja, em outros órgãos. Esta característica se assemelha muito com a formação do câncer e por isto, algumas vezes, os focos e nódulos da endometriose são comparados a um "tumor benigno". Apesar da semelhança entre o mecanismo das duas doenças, sabe-se que a relação entre endometriose e câncer é muito pequena, algo em torno de 0,5% a 1% dos casos. Além disto, a endometriose não é letal, apesar de causar muitos incômodos.


13) Os remédios naturais e fitoterápicos são melhores para o tratamento da endometriose, pois não causam os efeitos colaterais indesejáveis do tratamento convencional. MENTIRA!


Quem nunca ouviu uma amiga ou parente indicando um chá natural para eliminar cistos ovarianos ou para fazer uma "limpeza no útero"? Também não são incomuns as "garrafadas" para diversas patologias ginecológicas e estimulação ovariana. Sempre achamos que por "ser natural" não nos fará mal. Isto é um engano. Os remédios naturais e os fitoterápicos também possuem efeitos colaterais e nunca devem ser utilizados sem orientação médica. Aliás, em se tratando de endometriose, deve-se ter demasiado cuidado com a "auto-medicação", seja por remédios naturais ou medicações alopáticas (tradicionais).


14) A endometriose pode ser diagnosticada e tratada por qualquer médico ginecologista. MENTIRA!


Ah! Como eu gostaria que fosse verdade! Infelizmente nem todos os ginecologistas estão suficientemente familiarizados com a doença a ponto de conseguir diagnosticá-la e tratá-la da maneira correta. Isto porque tanto o diagnóstico como o tratamento (especialmente o cirúrgico) são complexos e exigem especialização. Esta especialização envolve altos custos e necessita de muito tempo de estudo e prática. Penso que muitos ginecologistas não têm condições, oportunidade ou não demonstram interesse por esta área. Por este motivo, a disponibilidade de profissionais especializados é escassa, o que faz o tratamento se tornar oneroso e pouco acessível, deixando muitas portadoras sem atendimento adequado ou sofrendo nas filas de espera do Sistema Único de Saúde.


15) A única maneira de se obter o "diagnóstico de certeza" da endometriose é através da videolaparoscopia. VERDADE!


O diagnóstico é um assunto complicado em endometriose. Existem exames específicos (geralmente de imagem), realizados por médicos treinados, que conseguem levantar uma hipótese da doença. Além disto, um bom médico, é capaz de suspeitar apenas ouvindo as queixas da paciente e examinando-a clinicamente. Porém, o "diagnóstico de certeza" só pode ser obtido através da videolaparocospia - cirurgia minimamente invasiva. Esta cirurgia serve tanto para diagnosticar, como para tratar, pois o médico utiliza uma lente de aumento que possibilita visualizar e retirar amostras dos focos e implantes da doença. Estas amostras são obrigatoriamente enviadas ao laboratório a fim de que seja realizado um exame anatomo-patológico que confirmará a presença ou não da endometriose. Atualmente, com o avanço dos exames por imagem, os especialistas aconselham um "mapeamento" da doença, antes de partir para a videolaparoscopia, preparando-se melhor para a cirurgia, e evitando, assim, a necessidade de submeter a paciente a vários procedimentos cirúrgicos desnecessários.


É isto. Caso alguém se lembre de mais alguma "Verdade ou Mentira" sobre a endometriose, fique à vontade para postar nos comentários.

Até a próxima!

Luciana T. Golegã Diamante

211 comentários:

  1. Olá!! Tenho uma duvida fiz uma RM e deu espassamento no utero...opiniao: edenomiose leve.
    Se realmente for adenomiose tem como ser retirado pela videolaparoscopia? eu tenho endometriose tbm, mas so deu a adenomiose. A video resolveria a adenomiose?

    Obs: o tamanho do utero nao deu alteraçao deu um discreto espassamento...depois de 6 dias que eu fiz a ressonancia eu menstruei...será q porque estava perto pra eu mesntruar q deu esse espassamento ou sempre é adenomiose mesmo?

    Tenho 21 anos ainda e gostaria de ter filhos.

    Me ajude! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, amiga! Veja só: o diagnóstico de adenomiose é muito controverso (até mais do que o de endometriose). É muito difícil ter um diagnóstico de certeza, mesmo com os exames de imagem. Seria interessante levar o exame ao seu médico, para ele avaliar. Outro bom exame, para complementar a investigação, é a Histeroscopia (exame que avalia o interior do seu útero), que aliás, já serve de tratamento. Geralmente, pode ser feita junto com a Videolaparoscopia e o médico poderá avaliar melhor o interior do seu útero e retirar amostras para o laboratório. A data do ciclo em que se faz os exames tb influenciam, por isto, só mesmo o médico para dar uma avaliação melhor. Quanto a filhos, vc é muito nova, tem boas chances. Só não deixe para muito "tarde". Continue com o tratamento da endometriose/adenomiose, pois isto sim é importante! Ah! É possível engravidar mesmo com adenomiose, viu? beijosss

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por responder minha pergunta!

    Vc citou o exame Histeroscopia que é feito por via vaginal né? mas tem um problema ainda sou virgem e esse exame ainda nao seria possivel eu fazer. Mas pela videolaparoscopia o medico teria acesso ao meu utero? pra tirar essa adenomiose? é possivel tirar? ou terei q conviver com isso no meu utero?

    Muito obrigada!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi, amiga! Sim, a histeroscopia é por via vaginal. Não é possível tratar dentro do útero, sem passar pelo canal da vagina. Olha só, como eu disse, vc é nova. Talvez um tratamento medicamentoso seja uma boa solução para você. Não se preocupe tanto com o diagnóstico de adenomiose, como eu disse, pode ser que não seja, existem controvérsias a respeito do diagnóstico desta patologia. Vc já marcou consulta com o médico? Às vezes, só de tomar AC contínuo já irá ajudá-la! Beijosss

    ResponderExcluir
  5. OLá endoamigas, tenho que comentar que estou um pouco apreensiva, tenho 31 anos e nenhum filho e esse ano descobri 2 cistos enormes (de 9 e 6 cm)um em cada ovário e a possibilidade de ter a endometriose estou fazendo alguns exames mas já fui avisada que terei que fazer a videolaparoscopia não tenho medo do tratamento, só tenho medo de não conseguir ser mãe,gostaria de saber de relatos de alguma de vcs ou conhecida que após a video tenha conseguido engravidar, e quais são as verdadeiras chances pois meu médico é sempre meio vago neste assunto. Obrigada. bjs.

    ResponderExcluir
  6. Oi Meninas! td bem com vcs? espero q sim.

    Eu passei com a minha medica...comentei que estava tendo muito escapes...ela passou outro ac pra eu tomar ...estou tomando gestinol 28 depois que eu terminar a cartela vou emendar com o outro que é o elani 28.

    Eu terei todos aqueles sintomas que eu tive quando comecei a tomar o ac..ex: seios doloridos, sangramento normal dos 3 primeiros meses...ou será normal? meu organismo vai ter q se adaptar com esse novo ac ou nao?
    Esqueci de perguntar pra minha medica.

    E esse ac Elani 28 é bom pra mulheres com endo?

    Obrigada desde já!

    Que Jeová nos ajude a superar essa doença com alegria...apesar de todo o sofrimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não o Elani 28 não é o indicado pois contém o estradiol que aumenta os implantes de endo. Tomei por vários anos e a endo só aumentou. O mais indicado são progestógenos como o cerazzete (desogestrel), allurene (dienogeste) ou o DIU MIRENA que é o que estou usando e melhorei muito das dores e dispareunia!!!!

      Excluir
  7. eu descobri que tinha endometriose com 19anos e ja era mae pois o medico não sabe como isso pode acontecer,pois acredito em milagre hoje meu filho tem,21 anos e tenho uma filha do coração com 12 á eu estou com 38 e ja fiz 20 cirurgia por causa da doença mesmo assim sou feliz ... beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá meu nome é Amanarí...tenhu 22 anos...e con 16 descobri que tinha endometriose através da laparoscopia foi comprovado...tomo anticoncepcional desde então para suspensão da mestruação e ainda assim sofro muito com dores abdominais...o site tem me ajudado bastante a tirar duvidas...vlws

    ResponderExcluir
  9. Oi, Amanarí! Vc também descobriu a endometriose na adolescência. Por um lado, isto é bom, porque vc já pode começar a tratá-la corretamente, o que preservará sua fertilidade, por outro, é preciso aprender a conviver com esta doença, que realmente não é nada fácil. Uma boa dica para se livrar das dores, além de suspender a menstruação com o AC adequado, seria a prática de exercícios físicos constantes. Tente fazer isto para ver se te ajuda! Se não, é bom fazer novos exames para ver como está a endometriose! Beijossss

    ResponderExcluir
  10. Olá minha médica me passou um exame ressonância de endometriose,quem é virgem pode fazer????

    ResponderExcluir
  11. Olá, amiga! Creio que não há problemas em realizar a ressonância magnética mesmo sendo virgem, porém é conveniente avisar ao médico do laboratório sobre esta questão, ok?
    Beijosss e boa sorte!

    ResponderExcluir
  12. Espero ser recebida de braços abertos pelas Endoamigas, uma vez que acabei de entrar para o grupo(Blog). Meu nome é Rosana, tenho 47 anos, e desde 2001 sofro com essa "Endochata". Estou amando este Blog, e sinto tê-lo descoberto só agora! Mas antes tarde... Tenho uma pergunta à vcs: Estou com um Gineco novo, que me indicou a Fisioterapia Pélvica, como tratamento para minhas dores, pois como já passei por várias intervenções cirúrgicas, ele não aconselharia de pronto, mais uma vídeolaparoscopia. Vcs tem alguma informação sobre este tipo de tratamento da Endochata? Obrigada e um grande beijo a todas!

    ResponderExcluir
  13. Olá, Roalves!! Seja muito bem vinda!! Você também já está na luta contra a doença há bastante tempo, não é mesmo?? Então, sobre a fisioterapia pélvica: é sim uma ótima maneira de aliviar as dores. E seu médico tem razão quando diz que deve lhe poupar de mais cirurgias. Até porque, quanto mais cirurgia, maiores as chances de criar aderências, que também são outro motivo de dores. Assim, todas as alternativas para controle de dor são importantes e vale a pena tentar. Por exemplo, a fisioterapia pélvica, ou mesmo, acupuntura, ioga e outros. Ah! Fazer exercícios físicos regularmente é alimentar bem tb são importantíssimo para o controle da dor! Espero que dê tudo certo!! Acompanhe nosso blog, pois em breve escreveremos sobre as Terapias Alternativas que auxiliam no tratamento da endometriose!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Tenho 40 anos e 2 filhas. desde a adolencência sinto dores terríveis nos intesinos, fiz todo tipo de exame q possa pensar, nunca deu nada! Fui diagnosticada com SII, tomei ansiolítico, fiz terapia, porém,as dores nunca passaram, estou com crise terríveis! São dores no pé da barriga, no reto, ao defecar, enfim, no intetsino todo, é como se meu intestino inchasse, minha barriga fica enorme, a cabeça doi, sinto enjôos, é horrível! Pode ser q seja endo intestinal, certo? Conhecem algum especialista em endo en Goiânia? Por favor me contacte. Obrigada. Maria Barbosa email: maria.barbosa20@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, Maria! Realmente, quando os sintomas intestinais não passam com nenhum tratamento conhecido, e os diagnósticos são sempre imprecisos, pensa-se que pode ser sim a endometriose. Especialmente se você sentir dores intestinais durante a menstruação! Vale a pena consultar um especialista e fazer exames específicos. Vou tentar buscar para você um especialista em endometriose na sua cidade, Goiânia, e postarei aqui para você! Beijossss

    ResponderExcluir
  16. olá, sou virgem e quero saber se posso fazer a video-laparoscopia??

    ResponderExcluir
  17. Oi, amiga! É preciso ver com seu médico. Na video são feitos pequenos cortes (furinhos)na barriga (na altura do biquini) e um no umbigo. Estes furinhos são feitos para a introdução dos materais cirúrgicos. Porém, é preciso ver com o médico, pois algumas vezes a via vaginal também é utilizada durante a cirurgia, dependendo do que estiver programado para fazer, ok? Bjssss

    ResponderExcluir
  18. Olá!Tento engravidar a mais de 4 anos. Tenho 32. Ano passado fiz uma vídeo e retirei um cisto e um pequeno mioma e o dr. disse q tinha focos de endo. + na biopsia não constou. Há 4 meses fiz outra cirurgia(aberta) de emergência, um cisto no mesmo ovário estourou e tive hemorragia interna, perdi o ovário direito... O dr. (que já é outro) disse q tinha endometriose tmbm (+ na biopsia não deu) Falei c a drª q analisou o ovário e ela disse q não tinha nada mesmo e q o dr pode ter se confundido. Não sei em quem acreditar. Só acho q nenhum é especialista e por aqui não há... Estou tomando gestinol 28, vou tomar por 6 meses. O que acham? O que devo fazer? Quero mt ser mãe? tenho chance?

    ResponderExcluir
  19. Oi, Renata! Puxa vida, como é difícil conseguirmos um bom médico, não é? O ideal é que você se consulte com um médico que tenha experiência em tratar a endometriose. Outra dica importante, é realizar os exames corretos para diagnósticar a endo, como a Ressonância Magnética e a Ultrassonografia com Preparo Intestinal. Em que cidade você está? Quem sabe poderemos lhe indicar algum médico. Bj

    ResponderExcluir
  20. Oi! Meu nome é Nádia, tenho 17 anos e ainda sou virgem.. Sempre que fico menstruada sinto cólicas muito fortes e por isso fui a um ginecologista.. Ele disse que eu tenho endometriose e por isso devo fazer laparoscopia, histeroscopia e D&C (Dilatação e Curetagem), mas estive investigando mais sobre o assunto aqui na internet e vi que a histeroscopia é por via vaginal, isso quer dizer que após a histeroscopia eu já nao serei virgem ? Obrigada! [nadia.ferrete@hotmail.com]

    ResponderExcluir
  21. Olá, Nádia! Bom, para investigar a endometriose você pode começar por exames menos invasivos, como por exemplo, a Ressonancia Magnética, que não tem problema de ser feita por meninas virgens. A videolaparoscopia é melhor ser planejada, pois trata-se de uma cirurgia, que além de comprovar a endometriose, já serve para tratá-la. Mas, para isto, é preciso antes realizar os exames de imagem. A Histeroscopia é um exame que visualiza seu útero por dentro, mas não é um exame específico para detectar a endometriose. Assim como a Dilatação e Curetagem. Você sabe por qual motivo o médico está lhe solicitando estes procedimentos? Talvez fosse interessante ter uma segunda opinião médica antes de se submeter a estes exames. Ok?

    ResponderExcluir
  22. Boa tarde! eu tenho endomitriose há 04 anos fiz a videolaparoscopia e há 02 aanosfaço uso do cerazzete, mas gostaria de trocar por elani 28 será que posso?
    Att
    Fernanda Souza Moraes

    ResponderExcluir
  23. Fernanda! Bem-vinda ao nosso blog! Creio que o seu médico é a pessoa mais indicada para avaliar a troca de medicação. O cerazette é um Anticoncepcional só à base de progesterona, o que pode causar vários efeitos colaterais, porém é muito bom para tratar e controlar a endometriose. Por outro lado, o Elani 28, justamente por ter uma composição entre os dois hormônios (progesterona e estradiol), causa menos efeitos colaterais, menos retenção de líquidos, mas seu corpo precisa se adaptar bem a ele. O importante é seguir o conselho do seu médico e não menstruar. Seja com cerazette ou elani28. Não deixe de procurar seu médico! Beijosssss

    ResponderExcluir
  24. Olá faço tratamento de endometriose a 4 anos e só agora trocando de médico que me pedirao para fazer uma videolaparoscopia, a minha cirurgia correu bem só que a minha trompa do lado direito esta comprometida, mas a esquerda esta perfeita.Agora iniciei um tratamento com o elani 28. Tenho um sonho de ser mãe, será que consigo? Não sei o que pensar...bjus e obrigada... Rosi

    ResponderExcluir
  25. Oi, Rosi! Bem-vinda ao nosso blog! Veja só, se sua trompa do lado esquerdo "está perfeita", então existem chances de você engravidar naturalmente, porém pode demorar um pouco mais de tempo. O importante, é que você se matenha sem menstruar até chegar o momento de tentar engravidar. E se a gravidez demorar a vir, existem tratamentos que você pode fazer que ajudam muito! Tenha fé e esperança, e saiba que muitas mulheres com endometriose, depois de tratadas, conseguem engravidar, seja naturalmente ou através dos tratamentos de Reprodução Assistida! Ok? Beijão!!!

    ResponderExcluir
  26. Obrigada pela ajuda... Tenha uma ótima semana... Bjussss...Rosi

    ResponderExcluir
  27. olá tenho uma amiga que tem indrometriose o medico dela fez a cirurgia retirando o ultero e um dos ovarios, mas ela continua sentindo dor, como podemos ajudala ela ja chegou a tomar morfina de tanta dor, ela sente muita dor no anus ela so tem 35 anos o medico dela fez a pior burrada retirando o ultero dela aguardo reposta.

    ResponderExcluir
  28. Olá, amiga! A melhor forma de ajudar sua amiga, é buscar um especialista em endometriose. Nem sempre a retirada do útero resolve as dores da endometriose, especialmente se os ovários ainda continuam "funcionando". Por este motivo, é preciso buscar um especialista que saberá orientá-la, pedir exames para ver porque ainda sente dores, e tratá-la corretamente. Diga-nos em qual cidade ela está para que possamos indicar um especialista! Ok? Beijosss

    ResponderExcluir
  29. olá sofro com endemetriose as vezes me sinto inutil pois o meu maior desejo é ser mãe .niguém da minha familia passou por isso.toda vez que minha menstruação chega choro muito pois é mais um fracasso para mim .sinto dores ao evacuar durante a menstruação as vezes sinto quando não estou .os exames aq na minha cidade demora muito para sair e isso me deprime mais pois me sinto uma sem sorte.

    ResponderExcluir
  30. Olá, amiga! Olha, realmente, a maneira como vc se sente é exatamente como a maioria de nós tb se sente. Muitas vezes ficamos deprimidas, e achando que fizemos algo de muito errado para ter esta doença que nos deixa inférteis e cheia de dores. Mas, sentir-se assim faz parte de todo o processo que precisamos passar, até que possamos aceitar a doença e tentar buscar maneiras de conviver bem com ela. Uma coisa importante, é você investigar direitinho estas dores. Há tratamento e maneiras de controlar as dores, ou diminuí-las! Às vezes, para tentar engravidar, é melhor tentar tratar primeiro a endometriose, pois a inflamação que esta doença nos causa, realmente pode atrapalhar na gravidez. Agora, é sempre um problema muito sério a questão de encontrar um bom médico no local aonde moramos. Ou mesmo encontrar bons laboratórios, hospitais, e etc. Mas, se você tem possibilidades de fazer exames e de ser atendida por um especialista, mesmo que demore um pouco, vale a pena insistir! O importante é tentar não "se entregar" e estar sempre lutando, com muita fé e perseverança! E quando precisar desabafar, nosso cantinho estará sempre aberto, pois aqui todas nós dividimos a mesma dor! Espero que tudo dê certo para vc! Bjsss

    ResponderExcluir
  31. Ola tenho endometriose e o medico me receitou o elani 28 ele serve para a endometriose?

    ResponderExcluir
  32. Olá, amiga! Bom, o Elani 28 é um anticoncepcional oral diferente dos outros, pois contem 28 comprimidos para serem tomados sem interrupção, ou seja, a idéia deste AC é suspender a sua menstruação. Por este motivo, ele é usado para o tratamento da endometriose, cujo principal objetivo, é este mesmo: o de suspender a menstruação. Portanto, o Elani 28 é uma boa opção de tratamento! Espero que vc possa se adaptar a ele! Mas, se não se adaptar, saiba que existem outros ACs que vc pode tomar para bloquear a sua menstruação e evitar o avanço da endometriose! Ok? bjssss

    ResponderExcluir
  33. olá! tenho 21 anos

    e estou sem menstruar ha 2 anos e eu vi uma materia sobre a endo que dizia q mesmo tomando a pilula continua a endo pode voltar ...como isso é possivel se não menstruamos mais? Ou isso se dá com quem ja tem um foco?

    meu Deus ter endometriose me deixa paranoica e insegura..qnd será q isso vai ter fim! Sou nova e essa doença cada dia q passa me deixa mais triste!

    ResponderExcluir
  34. Obrigado pela informação sobre o elani 28, fico feliz por ter encontrado um grupo de apoio, parabéns pelo trabalho de vcs !!!!!!!
    Gostaria de aproveitar e pedir a vcs se conhecem algum medico especialista em endometriose na região de araraquara -sp.

    ResponderExcluir
  35. Amiga, vamos verificar se há uma indicação de um profissional em sua região, mas se tiver facilidade de ir à Campinas, podemos lhe indicar especialistas que atendem lá! Ok? Beijosss

    ResponderExcluir
  36. Oi, amiga! Realmente, é muito comum ouvirmos que a "endometriose pode voltar", mesmo quando suspendemos a menstruação. Na verdade, não é bem que a endometriose "volta", o que acontece é que muitas vezes, mesmo após a cirurgia, algumas células do endométrio continuam alojadas em nossos órgãos, e por isto podem progredir com o tempo e causar as dores e inflamações. No entanto, quando suspendemos a menstruação, através da pílula anticoncepcional contínua, damos um descanso para nossos ovários que não mais produzirão doses elevadas do estrogênio, que é o hormônio que alimenta a endometriose. Entretanto, o estrôgenio pode ser produzido de outras maneiras pelo nosso corpo (e não somente pelo ovário) como por exemplo, através da gordura corporal. Também pode ser encontrado em alguns alimentos que ingerimos. Por isto é preciso ter uma combinação de tratamentos para impedir a progressão da doença, através do uso de anticoncepcionais, mas também com uma alimentação adequada e a prática de exercícios físicos. Desta forma, é possível conviver bem com a doença, sem dores, controlando-a semestralmente através de exames de imagem. Porém, é preciso lembrar que de nada adianta tomar anticoncepcional se a mulher tiver muitos nódulos, aderências e focos da doença, pois continuará sentindo dores do mesmo jeito. Nestas situações, o tratamento combinado conta também com uma boa cirurgia de "limpeza da pelve", para depois entrar com a medicação e controle da doença!

    Agora, você tem toda razão, a endometriose tem mesmo este poder de nos deixar paranóicas, por isto é sempre importante estarmos informadas e seguirmos direitinho todas as recomendações dos nossos médicos, que de preferência, precisam ser especialistas no tratamento da endo!

    Espero que tudo dê certo para vc! Beijossss

    ResponderExcluir
  37. Vc pode me passar o telefone deste medico de campinas? e se tiver algum em ribeirão ou araraquara fica melhor para mim. bjs

    ResponderExcluir
  38. Oi obrigada pela atenção, se vc puder me passar o telefone do medico de campinas tento agora se vc tiver em ribeirão preto ou araraquara para mim era melhor .
    abraço

    ResponderExcluir
  39. Oi boa tarde estou aguardando uma resposta sobre telefone do medico especialista em endometriose em campinas ou na região de araraquara e ribeirão preto. abraços

    ResponderExcluir
  40. Oi, amiga! Não esqueci de vc não! É que estava com os dados incompletos da médica de Campinas. Provavelmente, hoje ou amanhã conseguirei todas as informações importantes, inclusive os planos de sáude que ela atende, ok?? Bjsss

    ResponderExcluir
  41. Ah, ok eu aguardo, acho que vc entende minha anciedade, kkkk
    bjs

    ResponderExcluir
  42. Prontinho.... Seguem contatos da especialista em endometriose em Campinas:

    Dra. Alba Salvi

    Instituto Dra. Alba Salvi
    Rua Anchieta, 633 Centro
    Campinas /SP
    Tel: (19) 3234-1940 (19) 3231-6517

    ResponderExcluir
  43. Oi querida muito obrigada, vou entrar em contato, bjs

    ResponderExcluir
  44. ola p vcs ... bom e o seguinte :estou tomando o gestinol 28 a 2 semanas e estou sentindo umas ondas de calor no meu rosto.. eu acho q e a pressao, sera q devo continuar tomando o anti, e para controlar a endometriose.

    ResponderExcluir
  45. oi amigas. Sou nova por aqui. tenho 36 anos e ja fiz varias tentativas FIV e não deu certo. OS embriões não implantam no meu utero. Apos 10 anos de luta, o meu novo medico descobriu que tenho Adenomiose e sugeriu que fizessemos uma curetagem. Será que é o certo?? quais os riscos que corro? quais as vantagens? porquê curetagem? AJUDEM-ME, por favor!!!

    ResponderExcluir
  46. Olá, amiga! Geralmente a curetagem é um procedimento realizado quando a mulher apresenta alguma complicação durante um aborto, como aborto retido, sangramento excessivo ou com possibilidades de causar infecções. É um procedimento que tem riscos e deve ser muito bem avaliado sobre sua necessidade, pois pode gerar infecções, formação de aderências e até mesmo a infertilidade. Então, é importante você questionar o seu médico sobre o motivo de lhe estar indicando este procedimento, e se tiver dúvidas, vale a pena ter uma segunda opinião, ok? Espero que fique tudo bem! Bjsss

    ResponderExcluir
  47. Para a amiga que está tomando o Gestinol: os calores que está sentindo no rosto podem ser efeito colateral do Gestinol. Existem formas de aliviar este efeito indesejável, e vale a pena você conversar com o seu médico, para saber qual a melhor opção! O importante é não menstruar, assim se vc se adaptar melhor com outro AC, é válido tb! Beijossss

    ResponderExcluir
  48. amigas, sempre entro no blog para ler os depoimentos e fico assustada quando leio da falta de preparo de muitos medicos.
    Por Deus, descobri esse blog e consegui a indicação do dr. Edvaldo. Hoje, faz 02 dias que fiz uma videolaparoscopia com ele. Estou em casa, dolorida por causa da cirurgia, mas feliz pq ele conseguiu desobstruir minha trompa direita, que ele disse que pelo exame seria dificil.....
    estou muito ansiosa para voltar no retorno e ver o cd da cirurgia que pelo o que ele me disse foi um sucesso e agora a FIV estaria descartada, ja que e provavel que eu engravide naturalmente.....
    o problema e segurar a ansiedade para engravidar.....

    bjs.

    Rosangela

    ResponderExcluir
  49. Oi boa tarde, meu nome é antonia tenho endometriose desde os 25 anos, mas nunca me incomodo, nunca tive dores, mas nos ultimos anos agora estou com 41 anos venho tendo hemorragia, fiz ultrasson intravaginal e a medica aconselhou a retirada do utero, questionei se era só isso que poderia resolver ai ela solicitou que tomasse o zoladex tomei nove injeções ai interrompi e iniciei o cerazette mas tem mes que menstruo muito será que tenho mesmo que retirar meu utero?

    ResponderExcluir
  50. Amiga, existem sim outras opções para se evitar uma cirurgia radical como a Histerectomia (retirada do útero). Seria importante você ter outras opiniões médicas, e talvez trocar a medicação que está utilizando, já que o Cerazette parece não estar dando certo. A histerectomia sempre deverá ser a última opção, pois é uma cirurgia bem complexa e que também "mexe" com a parte emocional da mulher! Espero que tudo se resolva para vc! Beijosss

    ResponderExcluir
  51. Oi amiga boa tarde, então minha medica disse que poderia tomar o gestinol, substituindo o cerazette mas não me informou se posso parar com cerazette e já começar com o gestinol ou vou ter que interromper e esperar a menstruação? para ai sim começar com o gestinol. vc saberia me informar?pq só consegui consulta para final de outubro. bjs Antonia

    ResponderExcluir
  52. Oi, Antonia! Olha, neste caso a melhor coisa seria ligar para o consultório da sua médica e deixar um recado com a secretária dizendo que você está com esta dúvida. Tenho certeza de que sua médica irá responder, nem que for para pedir para a secretária te ligar e te falar! Pois o certo é realmente seguir as orientações dela, que te conhece e está acompanhando seu caso. Geralmente, espera-se terminar a cartela de um AC para emendar o outro, mas algumas vezes pode-se fazer esta troca no meio da cartela. Não necessariamente é preciso aguardar a menstruação, por outro lado, algumas vezes é indicado que se espere a menstruação para iniciar nova cartela. Portanto, cada caso é um caso, e como o médico é a pessoa que conhece melhor o seu caso, sugiro que faça o que eu disse acima: liga prá ela! Os médicos são para isto mesmo: nos orientar e informar! Não tenha vergonha de ligar! Espero que vc consiga! Beijosssss

    ResponderExcluir
  53. Bom queria saber, se atravez da Ressonância magnetica da pra saber se a menina é virgem ?

    ResponderExcluir
  54. Amiga, creio que não. Aliás, a Ressonância Magnética é o único exame que pode ser realizado por mulheres que são virgens e desejam investigar a endometriose. Mas, no resultado deste exame não vem escrito se a mulher é virgem ou não, pois isto não interfere na avaliação. Porém, é prudente avisar no laboratório sobre a virgindade, isto é importante para o preparo do exame, ok?

    ResponderExcluir
  55. Olá tomo o gestinol 28 à um ano, e no entanto agora estou com uma secura vaginal intensa, nem colpotrofine resolve, fui à médica que faz meu acompanhamento e relatei isso, acreditamos ser efeito do gestinol ou possivel falência ovariana jah fiz os exames que ela me passou estou aguardando resultado do exame sanguíneo taxas hormonais, nos exames que jah fiz não percebi falência, será que alguma de vocês já passou por isso, gostaria de saber, antes do remédio estava normal e conseguia ter relações frequentes com meu marido, agora não consigo, estou bem chateada com esse sintoma

    ResponderExcluir
  56. Olá, amiga! A secura vaginal pode sim ser um dos efeitos colaterais de quem faz uso de pílula anticoncepcional. Muitas meninas relatam ter este problema.
    Nestes casos, pode-se tentar trocar a pílula, ou mesmo utilizar lubrificante vaginal, como KY, nas relações sexuais, o que pode ajudar bastante. Converse com sua médica e veja quais são suas opções. Beijosss

    ResponderExcluir
  57. Muito obrigada por responder acredito mesmo que o Gestinol 28 está contribuindo com a minha condição, pois anteriormente antes de descobrir que tinha endometriose, fiz uso de outro anticoncepcional e não tinha problemas exceto as cólicas frequentes ao ficar naqueles dias,estou anciosa para me encontrar com minha médica já estou de consulta marcada para retornar com meus exames na sexta dia 14/10, nem KY resolve minha situação até chega a causar desconforto uma certa ardência e simplesmente é uma dor que não têm como prosseguir a relação, sou jovem tenho 24 anos , me casei recentemente, fazendo 5 meses e essa situação realmente me chateia, afinal já realizei uma videolaparoscopia para retirada das aderências e da endometriose que causou um certo estrago em mim, houve uma melhora na minha vida, agora para conter que ela volte novamente tenho que tomar esse tipo de medicamento de controle,acredito estar alterando meus hormônios,até jah passei por esse exame de histerossalpingografia para ver possíveis alterações, e nossa que dor terrível!
    A Endometriose tira nossa liberdade de sermos mulheres menos preocupadas com fertilidade ou se tudo está funcionando normalmente sem se preocupar, estamos que frequentemente prisioneiras de acompanhamento médico e de seus efeitos colaterais, só nos resta buscar alternativas ocupacionais de tentar relaxar pra tentar ter uma melhora no aspecto psicologico, e esse Grupo de apoio é realmente essencial nesta fase, agradeço a atenção!!
    Muito obrigada realmente!

    ResponderExcluir
  58. Bom dia Grupo...
    Vou contar um pouquinho da minha história
    Há mais ou menos 2 anos tento engravidar sem sucesso. Como já percebi lendo os relatos aqui no blog, muitas de nós nos deparamos com médicos ruins...
    fiquei 6 meses com uma médica que não me pediu exame algum, resolvi trocar para outra médica que pelo menos me pediu os exames básicos para quem que engravidar...ai se passou 1 ano e nada de engravidar. Cada mestruação uma loucura, uma sensação de impotência...
    Resolvemos procurar um especialiata em reprodução...este por sua vez me passou vários exames, até a "deliciosa" histerossalpingografia ...como todos os exames deram "normais" resolvemos esperar mais algum tempo pois estavamos em epoca de natal, ano novo e carnaval...dificultando para o médico começarmos a inseminação ...
    Neste meio de campo resolvi procurar o 4 médico da história, que desconfiou de uma possível aderencia, mas como já tinha ido no especialista ele achou melhor continuar com o tratamento e não realizar um processo invasivo, já que estava disposta a fazer a inseminação.
    Começamos o tratamento de inseminção então, várias injeções de hornomio, para min que tenho medo de injeção uma tortura, e us quase todos os dias...
    No começo de estimulação os óvulos reagiram bem até demais, então resolveram diminuir os hormônios, restaram só 3 esperados óvulos, mas quando estavam maduros só me restava 1 do lado direito....resultado negativo, nada de engravidar.
    Como mudei para outro estado e meu marido teve que viajar varias vezes a trabalho resolvemos não tentar outra inseminação.
    no mes de setembro em viagem para minha antiga casa resolvi procura o 4 médico de novo que ve sugeriu fazer a videolaparoscopia explorativa....
    Hoje faz 20 dias que fiz videolaparoscopia, que foi diagnósticada a endometriose e uma obstrução na trompa direita( o lado que ficou o unico ovulo da inseminação).
    Como tive que voltar para casa está dificil entrar em contato com o médico...
    tenho algumas dúvida que gostaria que vcs ve ajudassem
    como classificar a endometriose?
    todas as pessoas precisam tomar hormonios apos a cirurgia, (ele não me passou nenhum)?
    quais as chances de eu engravidar naturalmente, uma vez que já tenho 30 anos?
    vcs podem me indicar um especialista em Macapá?
    Descupem pela longa história, mas precisava desabafar.....

    desde já obrigada por este momento
    abraços
    Roberta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida me chamo Nádia e as chamces de engravidar depois da video são as maiores possiveis eu engrevidei de gemêas e tenho amigas que tbm engravidaram logo após a cirurgia. Confie em Deus não desanime persiste em oração que Deus vai te exaltar.

      Excluir
    2. Olá Roberta sou de Macapá e tb tenho endometriose gostaria manter contato com você.
      moaesa@hotmail.com

      Excluir
  59. tenho 39 anos lutei contra endometriose durante 06 anos tomei zoladex, coloquei dio,tomei cerazetti juro fiz tudo mais agora acabei de fazer a cirurgia mais horrivel retirei o utero,ovario direito e tuba agora nao sei como fica minha vida meu medico ainda nao me falou o que acontece comigo vou voltar la so no final do mes mais tenho muitas duvidas alguem ja fez ou sabe o que acontece agora.

    ResponderExcluir
  60. Olá, amiga! Infelizmente, em alguns casos mais extremos, os médicos optam pela retirada do útero e ovários. No seu caso, pelo que entendi, vc retirou o útero, as trompas e apenas um ovário, certo?
    Bom, em termos de tratamento, será preciso manter acompanhamento com o médico, pois o ovário que permaneceu irá produzir hormônios, e talvez seja bom bloqueá-lo com algum método anticoncepcional, pois mesmo sem o útero, ou seja, sem menstruar, este ovário é capaz de produzir hormônios que podem ativar focos da doença que porventura não foram retirados na cirurgia, fazendo com que os sintomas da endometriose retornem. Por isto, é super importante este acompanhamento médico, ok? Bjsss

    ResponderExcluir
  61. Olá, Roberta! A sua "romaria" em médicos até descobrir o diagnóstico da endometriose é algo muito comum entre as portadoras! Infelizmente o desconhecimento dos médicos a respeito dos sinais e sintomas da endometriose atrapalha e atrasa a vida de muitas pacientes. Por outro lado, a endometriose é uma doença que gosta de "se esconder", não aparece em exames e muitas vezes acaba sendo confundida com outras patologias. Mesmo assim, um especialista sabe reconhecer a doença, indicando os exames corretos, para depois fazer um planejamento de tratamento. Atualmente, existem exames especializados para o diagnóstico da endometriose que tem uma acurácia de até 90% de acerto, um destes exames é a "Ultrassonografia Transvaginal com preparo Intestinal" e é realizada por poucos especialistas, a maioria em São Paulo. Tem também a Ressonância Magnética com Protocolo de Endometriose, e também precisa ser realizada por especialistas.

    ResponderExcluir
  62. CONTINUAÇÃO DA RESPOSTA PARA ROBERTA:

    Agora, vamos tentar responder às suas dúvidas:

    1 - Uma das formas de classificação da Endometriose pode ser feita de acordo com a localização e tamanho das lesões. Neste caso, podemos classificar em Endometriose Graus I (mínima), II (leve), III (moderada) e IV (severa). Em outro tipo de classificação pode ser baseada pela profundidade dos implantes no tecido. Em relação à profundidade, a lesão endometriótica pode ser superficial, quando a infiltração ocorre até 2 mm abaixo da superfície do peritônio, intermediária, de 2 a 5 mm, e lesão endometriótica profunda, definida como sendo aquela que infiltra mais de 5 mm na profundidade. As lesões profundas são aquelas que estariam mais associadas à dispareunia (dor na relação) e à algia (dor) pélvica. As lesões endometrióticas intermediárias e profundas provocam a persistência dos sintomas dolorosos até que a retirada total da lesão seja realizada. (Leia mais na postagem "Endometriose: sabendo e aprendendo a conviver" em nosso blog: http://eutenhoendometriose.blogspot.com/2010/04/endometriose-sabendo-e-aprendendo_08.html

    2- Sabe-se que a endometriose é uma doença "hormônio-dependente", isto quer dizer que ela depende do estrogênio (importante hormônio feminino) para se desenvolver e progredir. Por este motivo, de modo geral, a forma de tratamento para a endometriose visa a suspensão da menstruação, ou em outras palavras, a supressão dos hormônios produzidos pelos ovários, especialmente o estrogênio, pois sem a produção destes hormônios, os focos não evoluem, postergando e às vezes evitando a progressão da doença. Converse com seu médico para saber se a cirurgia que ele realizou apenas serviu para diagnosticá-la, ou se ele também já realizou uma "limpeza dos focos". Se a limpeza foi feita, é muito importante continuar o tratamento suspendendo a menstruação. Existem diferentes métodos para isto e deverão ser discutidos com o médico. Em alguns casos, quando há desejo de gravidez, após uma cirurgia bem realizada com a retirada da maioria dos focos, a recomendação é que a paciente já inicie as tentativas de engravidar, sem necessitar tomar medicações hormonais, pois está provado que as chances de gravidez aumentam logo após a cirurgia.

    3- Suas chances de engravidar naturalmente dependem de dois fatores importantes: Primeiro: se vc ovula corretamente e segundo: Como estão as suas trompas, ou tubas uterinas. Para a gravidez acontecer naturalmente é importante que as tubas estejam livres, sem obstruções, aderências ou inflamações. Às vezes, o médico consegue recuperá-las na cirurgia, desobstruindo-as e tornando-as aptas para a fecundação. Porém, se as trompas estiverem obstruídas e não puderam ser tratadas em cirurgia, então a indicação passa a ser a FIV - Fertilização In Vitro. É importante observar que endometriose nos graus III e IV beneficiam-se mais das técnicas de FIV.

    4 - Sobre o especialista em Macapá, por enquanto vamos ficar te devendo. Estamos tentando fazer um cadastro de médicos especialistas em todo o Brasil, para poder atender a todas as portadoras! Assim que estiver pronto, vamos publicá-lo!

    Roberta, espero tê-la ajudado! Desejo que tudo corra bem pra vc! Conte conosco sempre! E pode escrever sempre que quiser! Beijossss

    ResponderExcluir
  63. Gostaria de uma indicação de um especialista em SP. Já fiz uma cirurgia para retirar focos de endometriose no ovário, tuba, e intestino. Agora descobri que estou com um cisto enorme 6,5 cm no ovário esquerdo, encostando do útero e intestino. Meu convênio é Unimed Paulistana e estou com dificuldade de encontar um especialista. Por favor, me ajudem!!!

    ResponderExcluir
  64. Olá, Alessandra! Nosso grupo mantem parceria com o Dr. Edvaldo Cavalcante, da clínica CPCG. Ele atende particular e convênio, inclusive o da Unimed Paulistana. Segue o site com os números de telefone que vc pode ligar para agendar:
    www.cpcg.com.br
    Bjssss

    ResponderExcluir
  65. Boa Noite meninas,

    Fiz a colocação do DIU Mirena a 2 meses, e tive os efeitos colaterais dos primeiros dias como sangramento e dor ( cerca de 20 dias), cessado o sangramento, eu fiquei bem até umas 2 semanas atrás que foi quando eu tive pequenos sangramentos (como se fossem secreção, manchas), e isto esta me incomodando muito, será que posso tomar um ac para ajudar a parar o sangramento ou terei que voltar ao medico?

    Obs: Eu fazia o uso do ac Gestinol 28.
    Bjs

    ResponderExcluir
  66. Eu adorei esse Blog, muito obrigada por informacoes tao importantes. Eu moro no Japao e descobri a pouco tempo que tenho endometriose, tenho 39 anos, ja fui casada, nunca engravidei. A minha medica disse que eu vou ter que tirar o ovario esquerdo, e que o direito tambem esta comecando a ficar ruim, e que seria melhor tirar tudo de uma vez. Ela perguntou se eu penso em ter filhos, eu disse que sim. Quem sabe eu ainda tenho chance, ne. Eu nao quero tirar o utero, nao, nao. Vou me sentir castrada amputada, sei la. . Aqui no Japao as coisas sao radicais. Eu so estou desabafando, nao precisa me responder, obrigada.

    ResponderExcluir
  67. oi tenho 34 anos, descobri que tenho endometriose, minha médica quer realizar a vídeo, mas não estou segura. Ja outro médico disso que posso optar pelo elani 28. Não sei qual tratemento devo fazer. Quero engravidar o ano que vem. Acho que preferia tomar o elani 28, mas fico com medo de ser a decisão errada, ja que quero engravidar

    ResponderExcluir
  68. Ola,
    Tenho 39 anos,descobri a endometriose a uns anos,ja tratamento com zoladex,mas não adiantou,agora minha medica sugeriu que eu fizesse a videolaroscopia,mas disse que se nao der resultado fara uma cirurgia,sera que esse é o melhor procedimento,estou com medo e deprimida,o que fazer?

    ResponderExcluir
  69. Oi Meninas
    Recebi um diagnóstico de endometriose e fique mt triste. Tento engravidar há 3 anos sem sucesso. Agora a médica resolveu tratar a endo com Dimetrose durante 9 meses. tenho um cisto no ovário de 1,6mm e na ressonância magnética não foi identificado nenhum outro foco, embora na histerossalpingografia a trompa direita opacificou mas não se moveu e a esquerda não opacificou. O tratamento proposto está correto? Moro no Rio e gostaria de indicação de outros médicos aqui na cidade.

    ResponderExcluir
  70. Eu tenho 17 anos, e sinto cólica muito forte quando estou menstruada,venho sentido essas dores ja fazem quase um ano.
    Estava pesquisando, e vi sobre endometriose, eu ainda sou virgem, será possível eu ter essa doença??

    ResponderExcluir
  71. Para amiga de 17 anos: Bem vinda!!!

    A endometriose é uma doença que pode surgir desde a primeira menstruação até a última. Isto quer dizer que meninas jovens, como você, podem sim ser acometidas por esta doença. Além disto, a endometriose nada tem a ver com o início da vida sexual, portanto, mesmo sendo virgem uma mulher pode ter endometriose.
    Os principais sintomas são cólicas muito fortes ou incapacitantes antes, durante ou depois do período menstrual que podem se tornar mais fortes a cada ciclo. Muitas mulheres também podem apresentar desconforto ao urinar ou evacuar, durante o período menstrual, sendo este outro forte indício da presença da doença. O quanto antes puder diagnosticar e tratar, melhor! Existe um exame que pode ser realizado por meninas que são virgens e que diagnostica a endometriose. É a Ressonância Magnética com Protocolo de Endometriose. Converse com seu ginecologista e fale da sua preocupação em ser portadora de endometriose, peça os exames que possam confirmar ou não esta possibilidade e faça isto o quanto antes! Se for endometriose, saiba que tem tratamento e é possível viver sem as dores! Informe-se e conte conosco sempre que precisar! Bjsss

    ResponderExcluir
  72. Olá amiga carioca! Bom, pode ser que sua médica esteja tentando evitar de levá-la para uma cirurgia sem necessidade. Seu cisto no ovário é considerado pequeno e a tentativa pode ser tentar tratá-lo clinicamente. Porém, como já faz 3 anos que você não consegue engravidar, seria interessante investigar isto melhor, pois muitas vezes, a endometriose "se esconde" e é difícil encontrá-la, até nos exames. Seria interessante realizar uma "Ultrassonografia transvaginal com preparo intestinal", se houver possibilidade, pois é um exame mais completo e que consegue visualizar melhor a endometriose, quando feito por um especialista. Converse com sua médica sobre isto! Bjssss

    ResponderExcluir
  73. Para amiga (39 anos): Bem vinda!!!

    Veja bem: a "Videolaparoscopia" já é a cirurgia que trata a endometriose. Chama-se "Videolaparoscopia" porque é uma cirurgia minimamente invasiva em que o médico só realiza pequenos cortes (de até 1cm) na barriga e no umbigo por onde vai inserir os equipamentos para a cirurgia. É a melhor opção de tratamento atual para a portadora de endometriose. Hoje em dia, evita-se realizar a cirurgia aberta (a laparotomia), por ter muito mais riscos e mais chances de formação de aderências, o que não é nada bom para quem tem endometriose.

    Agora, pode ser que sua médica esteja querendo fazer a videolaparoscopia apenas para diagnosticar a endometriose, para só depois levá-la à outra cirurgia, se necessário, para tratá-la. Antigamente, este era um procedimento comum, quer dizer, submeter a paciente a dois procedimentos cirúrgicos: um para diagnosticar e outro para tratar. Isto era feito porque não existiam ainda exames de imagem que pudessem diagnosticar com eficiência a presença da endometriose. Entretanto, atualmente, com o avanço dos exames por imagem, os médicos optam por planejar melhor a cirurgia e levar a paciente para fazer o tratamento cirúrgico uma única vez.

    Para isto, é necessário realizar vários exames específicos, com médicos treinados para detectar a endometriose, para só depois planejar a cirurgia.

    Converse com sua médica sobre isto!! E se tiver dúvidas, pode contar conosco! Bjssss

    ResponderExcluir
  74. Para amiga (34 anos): Bem-vinda!

    Bom, o ideal seria vc realizar exames específicos para saber como está a sua endometriose. Para vc, que deseja engravidar, sugiro que realize, além destes exames específicos, a Histerossalpingografia (que é um raio X das trompas) para verificar se suas trompas encontram-se livres e sem aderências. Se elas apresentarem qualquer alteração, então, talvez seja necessário uma intervenção cirúrgica. Além disto, seu marido deve realizar o espermograma para saber se está tudo bem com ele. Com estes exames em mãos fica mais fácil decidir o que vc deve fazer e planejar-se melhor, ok? Ah! Seria interessante também não protelar demais a gravidez, certo? Desejo muita sorte prá vc! Bjsss

    ResponderExcluir
  75. Olá amiga (no Japão)! Bem-vinda em nosso cantinho!!
    Bom, como a endometriose é uma doença enigmática, com muito ainda a se descobrir, é natural que seja tratada de diferentes maneiras, dependendo do médico e do local aonde estamos. Entretanto, sabe-se que não é necessário ser radical, e é possível sim tratar a doença sem ter a necessidade de retirar o útero, até porque vc deseja engravidar. O ideal é ser acompanhada por um médico especialista que saiba realizar a videolaparoscopia conservadora, isto é, que faça uma "limpeza" dos focos na sua pelve, preservando seus ovários e útero. Informe-se direitinho, até porque, a retirada completa destes órgãos não necessariamente representam a cura da endometriose. E conte sempre conosco!! Beijossss

    ResponderExcluir
  76. Olá, desde que comecei menstruar com 11 anos sempre senti cólicas horríveis e "médicos" diziam que era normal, e nesse tempo todo acredito que a doença cada dia mais de evoluía hoje tenho 22 anos e descobrir a um ano que possuia cisto em cada ovário e neles haviam focos de endometriose, fiz um exame chamado CA 125 que constatou que a taxa da endometriose estava alta, com isso a única alternativa era a cirurgia pois os cistos estavam enormes, um mês depois fiz a cirurgia e infelizmente retirei todo ovário direito e metade do esquerdo onde possuia a doença, agora a endometriosse está sendo controlada através de medicações, exames como ressonância magnética etc. Gostei muito deste site.

    ResponderExcluir
  77. Amiga, realmente a endometriose é uma doença muito difícil e complicada. E infelizmente a grande maioria das portadoras a descobrem tarde porque não foram bem orientadas por seus médicos! Isto realmente precisa mudar, pois quanto mais cedo a endometriose é diagnosticada maiores as chances de preservar os órgãos e a fertilidade também. Muito importante o seu alerta!!! Espero que tudo dê certo em seu tratamento! Bjsss

    ResponderExcluir
  78. Gostaria de desejar um feliz natal
    e um ótimo ano novo para todas as amigas que lutam contra a endometriose....
    E que no próximo ano muitos sonhos se realizem
    beijos
    Roberta

    ResponderExcluir
  79. Ola, sou de Ibiúna tenho 42 anos, há 6 anos atrás fiz a histerectomia, e há 3 meses retirei meu ovário esquerdo e um tumor benigno no intestino, tenho endometriose há anos e amanhã 5/01/2012 tomarei minha 1ª dose de zoladex 10,8 mg, estou c/ medo tanto da aplicação q soube ser dolorosa, e estou c/ medo tbm das possíveis reações adversas, mas estou feliz por tê-las encontrado, sei q ainda conversaremos muuuuiito, bjão a tdas e fiquem c/ Jeová.

    ResponderExcluir
  80. ola, do sou do R/N tenho 34 anos descobri um endometrioma no ovari a 01 ano e mei fiz tratamento c/ zoladex 10.8 p/ 06 meses tive bom resultado desmancho o endometrioma mas ja faz 07 meses q/ passo o efeito e sinto varios sintomas diferente da primeira q/ era perdendo muito sangue agora sao muitas dores cada mes diferente ea mentruaçao vem 02 dias depois passa mais 08 dias vindo so aquela sujeira sei q/ tem alguma coisa errada sera q/ estou c/ endometriose outra vez sei q/ nao tem cura so tratamento mas onde moro e tao dificil especialista em endometriose vou ao ginecologista e fazer novos exames e q/ seja o q/ deus quiser pesso mais entendimento sobre o assunto parabens pelo saite tem otimas informaçoes.

    ResponderExcluir
  81. OI NAO QRO TER FILHOS MAIS PORQUE JA TENHO 2 COLICAS SEMPRE TIVE POREM DE UNS MESES PRA CA VENHO TENHO COLICAS FORTES ANTES DE MENSTRUAR, E SINTO TODAS AQUELES SINTOMAS PRINCIPALMENTE DORES NOS RINS, POREM QRO SABER SE VC PODE ME ORIENTAR SOBRE ESSA DOENÇA, JA LI SOBRE ELA , TENHO PAVOR DE MEDICOS POR SER MUITO DOENTE ;JA FIZ TBM LAQUIADURA HA NOVE ANOS ! TENHO 36 ANOS TOAPAVORADA COM ESSAS CONTRAÇOES QUE TO SENTINDO PARECE QUE VOU TER UM FILHO ME AJUDE

    ResponderExcluir
  82. Olá pessoal meu nome é RS, já passei por todos os tratamentos da endometriose, agora no momento estou usando um emplante hormonal que para a menstruação, vou tentar ficar com esse tratamento que é menos agressivo a minha saude é muito caro mas enquanto não chega a menopausa vou manter , mas o que mais me deixa angustiada é a falta do desejo sexual,estou tendo vários problemas com meu marido quanto a isso, porque fujo dele por não ter vontade nenhuma, já tentei explicar muitas vezes mas ele não entende, tenho vontade de me separar e acabar logo com essa angustia com a infelicidade do meu marido, por mim não teria mais relação sexual o que eu faço???? tenho um filho de 12 anos, tenho 45 anos, tenho tudo que preciso para sobreviver uma casa,um filho, um trabalho, moro no intrio de SP em uma cidade super tranquila, mas estou perdendo ou já perdi o amor pelo meu marido, não sei mais o que fazer.... me ajudem por favor, agurdo resposta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga,estou na mesma situação,não penssei q isso poderia ser da doensa e nem q poderia acontecer comigo.Vc descrevendo perecia eu falando,passo isso com meu marido,ja quaze nos separamos porcausa q não tenho vontade de ter relasão com ele.Bom queria de todo meu coracão te dezejar toda sorte do mundo. no fim vai dar tudo sérto.Meu nome é Grazi Santos meu email é Grazisantos1029@gmail.com

      Excluir
  83. Olá, fiz uma ultrasson transvaginal e foi detectado que meu utero esta com 160 cm sendo q o normal é 90 cm. Nao foi detectado endometriose nem adenomiose. Sera q o exame pode estar errado? O fato d o utero estar grande é um forte indicio ou pode ser por outro motivo? Aguardo respostas. Obrigada

    ResponderExcluir
  84. Olá meninas!!!!Tenho lido os depoimentos e tb estou no face,vcs estão de parabéns!!! Gostaria de tirar algumas duvidas, eu tenho 32 anos,tomo anticoncepcional desde os 18 anos pq tinha ovários micropolicisticos. No dia 02/09/11 comecei com dores fortes na parte inferior da barriga, fui várias vezes no PS, fiquei internada, e fiz vários exames,até ressonância, a único diagnóstico foi barro biliar.Como as dores continuavam, resolveram fazer a retirada da vesícula e na cirurgia dar uma olhada geral no abdomem, o médico gastro descreveu que na parte posterior do útero havia manchas vermelhas,porém não havia ginecologista no hospital, somente uma go que estava fazendo ultrassonm, ele a chamou e ela pediu que ele cauterizasse essas lesões, e descreveu que seria endometriose grau I, mas não fizeram a biópsia.Comecei com o gestinol 28 e já estou na quarta cartela, senti alguma melhora na primeira cartela, mas voltaram as dores diárias, que pioram após evacuar e urinar,a barriga fica muito inchada,a dor é tão forte, que mal consigo trabalhar, minha vida pessoal e profissional está bem complicada....estou fazendo terapia, tomando lexapro para ajudar no emocional.Já passei por vários médicos, uro, gastro, ginec. mas todas pedem para esperar mais um pouco antes de fazer a laparoscopia....estou desesperada com essas dores diárias.....vi alguns médicos que as meninas deixaram no face, mas só consegui consulta para março.Meninas vcs já tiveram sintomas como esse?Tem outras indicações para Campinas?Ah, fiz uma tomografia ontem e deu calcificações na escalvação pélvica,alguém sabe me explicar o q é isso?Super bju a todas e que Deus nos ilumine!!!

    ResponderExcluir
  85. olà! meninas sou a Elisa e tive endometriose durante 15 anos de muito sofrimento e dores, mais a 12 anos atrás com 25 anos fiz aretirada do utero e dos ovarios e numca mais tive dor alguma´tomo apenas um homonio chamado natifa de 1mg e vivo muito bem´é claro q não posso mais ter filhos isso me deixa triste, mais Deus é bom ele ja tinha me dado uma filha, Deus escreve certo por linhas tortas eu engravidei com 15 anos se não fosse assim tão precoce hoje não teria essa alegria de ser mãe pois agradeço a Deus por isso, adorei o blog de vcs bjs .

    ResponderExcluir
  86. Olá ,li tudo q foi postado por vcs e quero tbm deixar algumas palavrinhas,a poucos dias fiz um exame ,que constatou q meu cisto não regrediu com medicamentos,ele aumentou de tamanho ,hj com 8,1 cm ;estou super nervosa ,pois pra mim é um assunto novo,pois nunca tive problema algum dessa natureza,vou a GO ,na terça mas até lá fico pesquisando e lendo alguns depoimentos ,assim q tiver noticias eu volto!!bjs

    ResponderExcluir
  87. Boa Noite!!!!!! Operei 5 vezes e retirei, trompas, ovarios, utero, endometriomas no intestino e parede abdominal, bexiga!!!!!!! Depois da retirada do utero e ovario minha endo voltou na parede abdominal, então lhe pergunto, ela pode voltar ainda????obb, bjsssss Flavia!

    ResponderExcluir
  88. Oi, Flávia! Bom, na verdade, mesmo quando se faz uma histerectomia total, muitas vezes, alguns focos da endometriose podem passar despercebidos pelos olhos atentos do cirurgião. Isto porque a endometriose pode estar localizada em qualquer local da pelve, não apenas no útero, ovários e trompas.

    Assim, se algum foco passou despercebido, ele pode inflamar novamente, mesmo que vc esteja no estado de menopausa, pois o estrogênio (que é o hormônio que estimula os focos da doença) também pode ser produzido pela gordura corporal e estar presente em alguns alimentos que ingerimos. Além de estar presente na Terapia de Reposição Hormonal, utilizada pelas mulheres que entram na menopausa, seja cirúrgica ou natural.

    Por isto, temos sempre que fazer exames periódicos para ficar de olho na danada da endometriose! Além disto, ainda temos outro problema para ficarmos de olho, que são as aderências (que se formam após a cirurgia), elas também podem causar muitas dores!

    Espero que seu caso se resolva logo! Bjsss

    ResponderExcluir
  89. Olá, tenho 20 anos e resolvir procurar informações, sobre essa doença.

    Eu tenho algumas vezes uma dor muito forme como se fosse dor de cólica, mas a dor é 1000 vezes maior q dor de cólica menstrul, uma dor de não me deixar em pé, e fico gemendo de tanta dor e desespero.
    Já fiz alguns exames ginicológicos só q aparentemente esta tudo normal.

    Eu Moro em Altamira no Pará, e aqui não tem ginicologista especializado.

    Estou muito preocupada, pois tenho medo de ser endometriose.
    Gostaria de saber se essasa dores q sinto é sintomas dessa doença, e qual o local mais perto pra mim fazer o exame que nega ou prove que tenho essa doença.

    Estou muito preocupada!

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  90. Olá, amiga! Bom, um dos principais sintomas da endometriose são justamente as dores pélvicas, tipo cólica intensa, ou na forma como vc descreveu, que inicialmente surgem com a menstruação.

    Se vc sente cólicas durante a menstruação e se elas tem se tornado cada vez mais fortes a cada novo ciclo, então é necessário investigar a presença de endometriose.

    Infelizmente o diagnóstico da endometriose pode ser bastante difícil, tendo em vista que é necessário a experiência do médico ginecologista, bem como exames especializados.

    Entretanto, vc pode realizar um exame de sangue chamado CA125 nos três primeiros dias da menstruação, associado com uma ressonância magnética da pelve.

    O CA125 não é um exame específico para diagnosticar a endometriose, entretanto pode se apresentar elevado em alguns casos, auxiliando assim o raciocínio clínico.

    Já a Ressonância Magnética, é um excelente exame para avaliar seus órgãos pélvicos e observar se existem possíveis nódulos ou focos de endometriose, bem como aderências entre os órgãos. O ideal é que seja feito por um examinador que tenha conhecimento em endometriose.

    Você também poderia realizar um exame chamado Ultrassonografia Transvaginal com Preparo Intestinal, que é específico para diagnóstico da endometriose profunda, no entanto, este exame é muito específico e pouquíssimos lugares o realizam. Nós indicamos que seja feito em São Paulo.

    Porém, se conseguir fazer o CA125 e a Ressonância Magnética, já pode ser uma maneira de descobrir se vc é ou não portadora de endometriose.

    Espero que tudo se resolva! Bjsss

    ResponderExcluir
  91. Oi meu nome e barbara tenho 19 anos e eu tenho problemas com a menstruaçao desde a primeira vez eu nao menstru direito as vezes ficaava um mes sem vir as vezes um ano as vezes vinha duas vezes no mes. ai comecei tomar o anticoncepcional femina pra ver se regulava a medica passou a ultrason eu fiz deu ovarios policisticos. quando eu terminei de tomar a cartela depois de tres dias minha menstruaçao desceu mais eu senti mt dor mt dor mt dor mesmo fui parar no hospital duas vezes a medica disse q era colica mais gente a dor era insuportavel parecia contraçao sabe de tanta dor a dor ia e vinha ia e vinha eu nao aguentava de tanta dor a medica me deu tres ingeçoes na veia e me mandou pra casa passou um remedio pra colica eu tomei depois de 4 dias sumiu a dor e a menstruaçao pq eu tive hemorragia desceu mais do q divia. ate hj nao volto :S tem 9 meses isso. eu to indo na medica ela passou um monte de exames essa semana vou fazer ultrason e levar pra ela ver. sera que eu posso ter a endometriose as vezes eu sinto colica mesmo sem estar menstruada sabe gostaria da opinião de vcs brigada

    ResponderExcluir
  92. Oi, Bárbara! A dor pélvica e também a cólica de forte intensidade podem ser sinais de endometriose. Seria necessário realizar exames específicos de imagem, e também a dosagem de um marcador chamado CA125, que deve ser dosado através do exame de sangue e colhido dentre os três primeiros dias da menstruação.

    Você também pode pedir à sua médica que lhe indique uma Ressonância Magnética da Pelve com Protocolo de Endometriose e/ou uma Ultrassonografia Transvaginal com Preparo Intestinal. Estes são os dois principais exames para detectar a presença de endometriose.

    Se vc sentir que sua médica parece não entender de endometriose, sugiro que procure uma segunda opinião até ter certeza de que suas cólicas não são devidas à endometriose!

    Espero que vc fique bem!! bjssss

    ResponderExcluir
  93. Boa noite,fico feliz em encontrar palavras relacionadas a minha realidade.Só quem tem endometriose é que sabe, conhece o sofrimento sem dramas, de dor e padecimento. A maioria dos ginecologistas não conhece a endometriose nem o tratamento ideal pra esta situação torturante.Assim, gostaria de saber, qual anticoncepcional pode ser indicado para uma mulher de 46 anos portadora de endometriose, que tem inchaços de 3 kg a mais no corpo cada mês, tem colesterol alto, tem diabetes na família, tem enxaqueca, tem pele oleosa, queda de cabelo e depressão, tudo provocado pela bendita endometriose e suas crises hemorrágicas mensais há anos.Uma médica indica gestinol, que é contraindicado pra colesterol alto. Outra indica Elani Ciclo que provoca mais inchaços. Outra indica Cerazette que provoca sangramentos intermenstruais...Enfim,nada resolve meus problemas relacionados a endometriose. Então, de livre espontanea pesquisa estou pensando em tomar Qlaira. O que pode falado sobre isto?
    Lembrando que já estou desesperada, pois a endometriose paralisou minha vida, em todos os sentidos.Obrigada demais pela iniciativa de criar este blog. Laura Avellar - brazite@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  94. tive o diagnostico de endometriose a 4 anos,fiz duas cirurgias,a primeira retirei o utero e um ovario a segunda o outro ovario,automaticamente entrei na menopausa,dai todos o seu sintomAS,libido zero,dores horriveis na relaçao que a muito tempo nãp faço mais,meu marido ta doido e eu muito trite já, que so posso fazer isoflavona que nada resolve nada,me ajude pois nao sei mais o q fazer.Já fiz ressonancia e nao acusou mas nada de endometriose. OBRIGADA

    ResponderExcluir
  95. Amiga, talvez fosse bom você conversar com seu médico sobre os sintomas que está tendo, especialmente as dores na relação. Sentir dores na relação, não é normal, e deve sempre ser investigado.

    Além disto, o médico poderá orientá-la a respeito dos efeitos colaterais da menopausa. Eu sei que praticar exercícios físicos regulares pode ajudar a amenizar estes efeitos.

    Você também pode tentar algumas terapias alternativas, como acupuntura, pilates, ioga, que poderão te auxiliar a enfrentar a menopausa melhor!

    Sei que não é fácil e espero que logo, logo você possa resolver esta situação e ter qualidade de vida!

    bjsss

    ResponderExcluir
  96. Olá, Laura! É bastante complicado indicarmos um AC ideal para você, pois realmente este tipo de indicação precisa ter um respaldo do médico que a acompanha. Entretanto, você pode perguntar ao médico, sobre a possibilidade de utilizar o Mirena, já ouviu falar? É um DIU de Progesterona que fica no útero, e é indicado para quem tem endometriose. Por não passar pela corrente sanguínea (como um AC) ele pode ser indicado em diversos casos aonde a paciente não pode fazer uso de anticoncepcional contínuo. Pesquise sobre isto, e pergunte ao seu médico. De repente, pode ser uma solução! Espero tê-la ajudado! Bjsss

    ResponderExcluir
  97. Olá me chamo schirlei e tenho endometriose, tenho 32 anos e há 5 descobri que tenho a doença.
    fiz a videolap. usei as injeçoes de zoladex, usei anticoncepcional (trocando varias vezes com auxilio do medico para me adequar)por 3 anos direto sem parar, e os sintomas nunca diminuiram.
    Hoje nao faço mais nada, estou bem cansada, e resolvi deixá-la quietinha !!
    Os anticonc. estavam me tirando todo desejo sexual e cada vez piorava mais, por isso resolvi parar, hoje somente cuidamos e usamos camisinhas eu e meu marido como metodo anticonc., ultimamente minha mestruaçao esta vindo somente 1 dia e meio, poderia me dizer se é normal?
    obrigada pelo blog nos ajuda muito
    abraços
    schirleizs@hotmail.com
    schirlei@artemadeirajoinville.com.br

    ResponderExcluir
  98. Olá, meu nome é Vanessa, tenho 30 anos e descobri que tinha um Endometrioma após a minha primeira gestação, a quase três anos atrás. Passei por uma siuação muito difícil, não pude amamentar minha filha normalmente, peregrinando em hospitais e fazendo exames até conseguir detectar o problema. Sentia muita febre e após a gestação minha barriga não diminuia, sentia fortes dores abdominais. Sofri uma intervenção cirúrgica para retirada do cisto e do ovário direito.
    Graças à DEUS, hoje não sinto nada, tenho uma vida normal, faço exames e consulto o médico regularmente. Pretendo engravidar este ano se "DEUS" assim permitir.
    Que o senhor Deus abençoe a todas que sofrem ou já sofreram com esta doença!!!
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  99. Olá, tenho vinte e dois anos e desconfio que tenho endometriose. Tenho cólicas fortes durante a menstruação, e diarréia mesmo qdo não estou menstruada. As cólicas acontecem desses a primeira menstruação, mas de um te pó pra ca vem diminuindo, tem meses q nao tenho. Minha mae nao tem endometriose, e Ni buem da minha família, mas cólicas fortes é de família. Tenho problemas de insônia. E sinto um pouco de dor, quando a penetração é profunda, uma dor próxima do anus, e q se assemelha com cólica. mas não é sempre. Ja marquei ginecologista e torço para que esses problemas não estejam relacionados a endometriose, mas os sintomas são mto próximos. Gostaria de saber se a videoscopia dói e se é cara. E principalmente, que se quem tem endometriose pode voltar a ter relações sexuais sem dor através de medicação ou cicurgia, ou se a dor nas relações é algo incurável. E seo tratamento com remédios tem efeitos colateriais.

    ResponderExcluir
  100. Olá...tenho dúvidas, muitas. Por favor, acho que podem me ajudar. desde que menstruei tenho cólicas homéricas! Casei e tenho 2 filhos.Continuei com muitas cólicas de ir para o pronto socorro tomar medicamento na veia. meu médico pediu uma ultra vaginal que constatou um endometrioma no ovário direito. meu médico me receitou gestinol 28, dizendo que tinha endometriose. tomo há um ano e meio e há 10 dias tive um pequeno escape, um sinal marrom e fortes dores na pelve. minha barriga inchou e as dores não passaram, fui para o PS três dias, até que um GO pediu uma ultra vaginal que detectou um pouco de líquido no peritônio, ovário esquerdo pouco móvel e textura miometral heterogêna podendo sugerir adenomiose. lembrando que há cinco meses havia feito uma ultra que indicou três miomas no útero... exame slicitado por causa das dores que sentia na barriga. Levei os exames ao meu GO que foi taxativo: se quero parar de ter dores devo fazer histerectomia total. Estou assustada! Não fiz CA 125, não fiz vídeolaparoscopia, RM, nada! Será que não deveria tentar mais exames? O que vcs me aconselham? Grata, Elaine. SP

    ResponderExcluir
  101. Olá, Elaine! Acredito que seja importante você buscar uma segunda opinião, antes de se submeter à histerectomia. Existem casos em que é possível, retirar miomas, bem como focos da endometriose, sem a necessidade de retirar útero e ovários. Mas, cada caso é um caso, e é preciso fazer uma boa avaliação, inclusive com exames de imagem, antes de se submeter a qualquer procedimento cirúrgico! Ok? Estaremos torcendo pela sua recuperação! bjsss

    ResponderExcluir
  102. Estou procurando o remedio Dimetrose para uma pessoa do Peru e não estou encontrando. Será que saiu de linha, ou foi suspenso? Obrigada. Tieko

    ResponderExcluir
  103. Olá querida! Gostaria de saber se quem foi diagnosticado com adenomiose é portador de endometriose? Abração e amei seu blog!

    ResponderExcluir
  104. Quando os médicos falam que engravidar ou fazer uma fertilização é o melhor remédio para a endo, como seria essa melhora no meu caso onde a doença já alcançou meu intestino? Bjs! Obrigada!

    ResponderExcluir
  105. fiz uma esterectomia o o resultado da analise ao utero foi endometriose sera que ja nao tenho a doença ja que tirei o utero gostaria que me respondencem

    ResponderExcluir
  106. Olá, Carla! Bem vinda ao nosso blog!
    A endometriose é uma doença que pode estar presente em várias partes e órgãos da nossa pelve. Muitas vezes, por este motivo, somente a retirada do útero (histerectomia) não "cura" a endometriose. Seria necessário fazer uma investigação minuciosa para saber se existem outros focos, além é claro, de suspender a função dos ovários (caso não tenham sido retirados). O melhor é que você converse com seu médico a respeito disto. Especialmente se ainda continuar sentindo dores, ok? Espero que tudo dê certo para vc! Bjsss

    ResponderExcluir
  107. bom dia!a dois anos fiz uma cirugia e retirei um tumor beligno na parede do abdomem,tenho endometriose,a partir deste dia comecei a tomar cerasette,hoje parei de tomar por conta para deixar vim,so que faz 3 semanas e nao desceu a mestruaçao,sinto umas dores em baixo da barriga tipo colicas e a senssaçao de algo solto dentro de mim,porfavor me expliquem oque esta acontecendo......obrigada por tdo

    ResponderExcluir
  108. A cerca de 5 anos tive o diagnóstico de endometriose.Fiz a videolaparoscopia e tomei a Zoladex. Continuei tomando o anticoncepcional Gestinol.Há Cerca de 3 semanas tive uma trombose na retina, na qual a oftalmologista me encaminhou ao cardiologista e ginecologista.O gineco solicitou uma ressonância com resultado de endometriose profunda.Devido à trombose, não posso tomar anticoncepcional e devido à endometriose não posso deixar de tomá-lo.O que devo fazer?

    ResponderExcluir
  109. Por favor, vocês poderiam me indicar algum especialista em Campinas que atenda pela UNIMED? Tenho Urgência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, estou tratando com o Dr. Marcos de Carvalho, que por sinal é um ótimo médico e especialista em endometriose. Ele me disse que tenho endometriose leve e através deste diagnostico estou fazendo um tratamento com menopur de 75 e ovidrel, estou no meu segundo ciclo.
      Caso querira consultar com ele o telefone do consultorio é 3232.0101, me chamo Lisandra.

      Boa sorte.

      Excluir
  110. Por favor, será que teriam algum especialista em endometriose para indicar em Brasília? Obrigado.

    ResponderExcluir
  111. oi meu nome Laura tenho 45 anos descobri que tenho adenomiose,sinto que a minha imunidade anda baixa,sinto ardencia nas costas na area do pulmão e minha cabeça doi na parte de traz é uma dor tipo ardencia,o medico me passou contracep para ñ mestruar mas,ainda sinto muitas doresna região abdominal,sera que se tomar zoladez seria a melhor opção para induzir a menopausa.

    ResponderExcluir
  112. Por favor, vocês poderiam me indicar um especialista em endometriose em Porto Alegre ou em Santa Catarina? Meu convênio é o SulAmérica.Tenho 50 anos, já passei por quatro cirurgias. Fiz histerectomia radical a quase sete anos atrás e ainda tenho dores no reto. Foi constatado a possibilidade de endometriose junto a cúpula vaginal e em íntimo contato com o sigmoide e reto-sigmoide. Tenho sérios problemas de prisão de ventre e muita dor ao tentar ter relações sexuais com meu marido.Acho que estou deprimida, não tenho mais ânimo para nada.Além das dores, a falta de hormônio está atrofiando a minha vagina e outras transformações péssimas estão acontecendo em meu corpo.Conto com ajuda de vocês. Bjss! Obrigada!

    ResponderExcluir
  113. ola,ha tempos todo mes uns dez dias apos a menstruação desce um corrimento marrom(parece chocolate derretido)tenho isso ja faz anos,alem de dor abdominal não muito forte mais constante...fiz essa semana uma ultra e constou um cisto o medico disse q pode ser funcional,e pediu p o mes q vem repetir o ultra som,lendo sobre a endometriso fiquei curiosa e gostaria de saber se meus sintomas tem alguma coisa a ver c a endometriose,tbm percebi q o lado direito da minha barriga doi mais ,alguem pode me orientar?
    alem disso engordei bastante....se é q tem alguma coisa relacionado...
    bjssss

    ResponderExcluir
  114. olá,meu nome e viviane e tenho 36 anos 2 filhos,vasculhando aq a net achei este blog maravilhoso ,tenho endometriose ,no momento ja fiz varios exames como ultra,ressonancia e agora vou fazer um tal de colonoscopia ,meu medico nâo se conformou com a ressonancia ele quer saber mais ,agora com a colonoscopia ele quer saber se tenho endo grudado no meu intestino ,graças a deus achei um medico maravilhoso ,mais eu nâo vou ter pra onde correr ,vou retirar meu ultero pois alem de eu ter endometriose ,ter cisto nos ovarios ,meu ultero e muito grande por isso a retirada ...mais so fiquei triste numa coisa ,em saber que mesmo eu retirar o ultero ainda vou sentir dor por causa da endo ?como mulher sofre ,mais estou confiante que vai dar tudo certo pra todas nois amigas bju e acreditem em deus .bjuuuuu

    ResponderExcluir
  115. Oi amigas sou Poly de Guarapari ES, em 2010 foi diágnosticado um foco de endometriose em baixo da cirurgia de cesárea,fis a cirurgia a foi retirado um caroço que media 8cm,de la pra cá tomo medicamentos para não menstruar hoje estou com o cerazette em uso contínuo tomo todas as noites gostaria de saber se vou ter que continuar tomando até quando? pois se fico sem a menstruação vem e sinto uma dorzinha no mesmo lugar do cirurgia,a médica falou que é normal será? Me respondam por favor pois os médicos não me respondem esclarecidamente como vocês.beijos para todas e fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  116. Olá, adorei o blog! Meu nome é Bruna tenho 19 anos.
    Bom fui ao gineco recentemente como de contume, e a doutora com o exame de iodo contou que havia que era uma endometriose no colo do útero e como sou estudante de enfermegem
    me mostrou certinho fiquei bem assustada.
    Mas havia um problema, minha mãe não sabe que perdi a virgindade com meu namorado recentemente e quando voltamos pra sala a doutora não me deu a devolutiva e eu fiquei com a duvida será que ela não falou nada pelo fato de minha mãe estar presente e isso ter alguma coisa a ver mais depois disso esqueci o assunto. (Não contei a minha mãe pois se ela souber é capaz dela me obrigar a casar)
    Fiz ultrassom do útero e fui ao retorno, e ela novamente não tocou no assunto e como ainda não havia contado fiquei na duvida comento ou não comento sobre a endometriose.
    Porém estou sentindo alguns sintomas como corrimento esbranquiçado e muita dor no período mentrual.
    E me aprofundando sobre o assunto descobri que que como sintoma existe a infertilidade, fiquei muito chateada chorei o dia todo pois o meu grande sonho é ser mãe.

    ResponderExcluir
  117. Descobri recentemente que tenho endometriose, ovarios policisticos e mioma,
    tenho muita colica, fluxo abundante, com ciclos frequentes, sinto dores constantes nas costas, pernas e abdomem, e quando estou na TPM nenhum analgesico alivia minha dor. O que posso fazer nessa caso, pois sofro muito com as dores.O mioma a ginecologista desconfia de ser adenomiose pois o tamanho do meu utero esta quase o dobro do tamanho normal, tenho infecçao urinaria frequente todas as vezes que tenho o ciclo mestrual e dores intestinais tambem. Iniciei o tratamento recentemente, porem as dores sao cada vez mais fortes e constantes. E muito ruim sentir dor 24 horas do dia, tenho TPM quase que toda a semana com fluxos abundantes. Nao tenho filhos e ate o momento nao encontrei a explicaçao para tantos problemas. JJK, 22 anos.

    ResponderExcluir
  118. Ola, descobri hoje que tenho endometriose profunda na regiao retrocervical. Voces poderiam me indicar um ginecologista especialista em Sao Paulo capital?

    Muito Obrigada,

    Karen

    ResponderExcluir
  119. A HISTEROCTOMIA (UTERO E OVÁRIOS) CURAN A ENDOMETRIOSE? A MULHER NUNCA MAIS TEM DORES? FUI OPERADA HÁ 3 ANOS E TENHO SENTIDO DORES. ESSOU PREOCUPADA

    ResponderExcluir
  120. Sou Margareth. Tenho 47 anos e ano passado descobri que estava com endometriose. Fiz a videolaparoscopia e após iniciei o tratamento com zoladex. Tomes duas injeções com intervalo de três meses cada uma. Mesmo fazendo uso desse medicamento continuei menstruando. Em fevereiro deste ano, meu médico iniciou um novo tratamento com uso do Cerazette. Menstruei um pouquinho nos dois primeiros meses. Mas com fé e graças a Deus, faz três meses que não estou mais menstruando. Estou mais feliz e mais confiante agora, porque penso que já é um grande avanço. Não quero ficar triste, só quero ficar agradecer por ter uma família linda, junto do meu marido e minhas duas filhas. Fiquei mais feliz ainda quando visitando diversos sites sobre esse assunto, encontrei o de vocês, que é um grupo de apoio virtual para quem sofre desse problema. Assim poderemos saber mais e tirar nossas dúvidas.
    Parabéns.
    Obrigada por também fazer parte agora deste grupo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  121. SISTO SUGESTIVO DE ENDOMETRIOMA,CONSULTE MINHA GINECO E OUVI UMA OUTRA OPINIÃO UMA GINECO ME RECOMENDOU GESTINOL 28 E A OUTA ME RECOMENDOU CERAZETT NÃO SEI QUAL TOMAR POIS OUVI DUAS OPINIÕES E SÓ ME CONFUNDIU

    ResponderExcluir
  122. Meu marido acertou todas, é bom saber que nosso companheiro sabe o que temos e sentimos.

    ResponderExcluir
  123. Já fiz histerectomia total.Retirei tb os dois ovaris.Ainda sinto dores.Será ossivel que mesmo sem os ovarios oara alimentar os focos essas minhas dores podem ainda ser resultado da endometriose?Por que?

    ResponderExcluir
  124. Boa tarde!
    Gostaria de ajuda de vcs bom tenho endometriose grau III e mioma já fizeram 3 viodeolaparoscopia duas pelo motivo da endometriose e uma pelo mioma a ultima o médico não tirou o mioma, cauterizou os focos de endometriose.
    Mas até agora não engravidei fui numa clinica de fertilização a doutora da clinica pediu que eu voltasse na minha ginecologista por ter aparecido no exame de ultra transvaginal um mioma que esta no endométrio.
    A minha ginecologista me pediu uma ressonância magnética na qual apareceu resultado adenomioma de + ou – 5 cm ela acha melhor eu operar.
    Será que tem como tirar e preservar o útero, pois ainda tenho esperança de engravidar; ainda não tenho filho e não quero perder meu útero estou desesperada, por favor, me ajudem.

    ResponderExcluir
  125. Bom dia! tenho endometriose e ademiose e não sinto nenhuma dor ( graças à Deus) a minha insistência em ser mãe que me fez descobrir, pois já tenho 40 anos , estou com muito medo será que poderei engravidar. alguém por favor me ajude!

    ResponderExcluir
  126. oi eu tenho 16 anos tenho colicas fortes tds meses sempre no primeiro dia menstuo a mais ou menos 5 anos e sempre tive colicas meu medico disse que se tomasse anti concepcional iriam diminuir ou pararem mais nao parou e nem diminuirem queria saber se é algum sinal de endometriose. ja tentei engravidar mais naum consegui tentei 3 vezes e nenhuma deu certo e sempre tentei no meu dis fertil minha menstruçao e variada tipo ela naum tem dia pra descer tem vezes que desse depois de 30 dias tem vezes que e de 20 e outros de 38 dias ela naum e reguada por mais que tomo anti concepcional.

    ResponderExcluir
  127. Boa noite...
    descobri esse ano atravéz de uma ressonância q tenho Adenomiose, graças a Deus ainda não tenho dores, mas estou observandpo q meu fluxo mestrual está aumentando... tb engordei bastante e me sinto muito cansade e pesada!! tenho 28 anos e ainda não tenho filhos, minha médica me aconselhou a engraviadar logo, pq eu posso ter futuros problemas para engravidar, já q a doença tende a piorar. Vcs concordam q para uma portadora de adenomiose não é bom adiar uma gravidez???? Tenho muito medo de esperar mais e depois sobrer com a infertilidade... meu marido quer muito q eu engravide logo, mas eu ainda não tenho certeza se estou preparada!!!! Me ajudem resolver essas dúvidas... Obrigada!!!! Bjs

    ResponderExcluir
  128. Por favor, espero que me ajude, tenho endometriose já há algum tempo, tomo o remédio gestinol 28 sem pausa, mais sempre estou com sangramento. Qual remédio
    seria melhor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, infelizmente esta é uma informação que somente seu médico pode te passar! Se está fazendo uso do Gestinol há mais de 3 meses, e se toma os comprimidos regularmente, todos os dias, no mesmo horário, sem esquecer nenhum dia, e ainda assim apresenta sangramentos constantes, então, vc precisa agendar nova consulta com seu médico e pedir que ele possa lhe apresentar alguma outra solução. Existem vários métodos que podem ser utilizados no tratamento da endometriose, talvez vc se adapte melhor com outro método. Converse com seu médico, ok? beijossss

      Excluir
  129. Boa tarde!
    Tenho 32 anos e 1 filha,tenho endometriose e muitas dores,já fiz uma videolaparoscopia que apos 1 mês as dores voltaram iniciei o zoladex econtinuei por 6 meses apos o final desses meses as dores iniciaram mesmo utilizando o Gestinol para cessar a mestruação.Hoje estou fazendo os exames para que a minha ginecologista marque a cirurgia ela disse que teria que retirar o utero.Pergunto :Será que só a retirada do utero preservando os ovários vai resolver meu problema?
    Estou muito cansada com essa vida de dores e fora o disanimo de não poder ter uma vida solcial com qualidade.
    Estou com fé que vai dar tudo certo mas as vezes bate uma insegurança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carla! Infelizmente temos que dizer que retirar o útero não é a cura para a endometriose. Isto porque a endometriose é uma doença que está fora do útero, podendo encontrar-se na superfície dos órgãos da pelve, como ovário, trompas, intestino, bexiga e etc. Além disto, o que alimenta os focos da endometriose são os hormônios produzidos pelos ovários, especialmente o estrogênio, portanto que retira apenas o útero, precisa continuar tomando AC contínuo para bloquear a ação dos ovários. Porém, o ideal mesmo é realizar uma cirurgia para limpeza de todos os focos da doença, pois é este procedimento que irá te aliviar das dores que sente. Pode-se retirar o útero, desde que também sejam retiradas todas as lesões, converse com seu médico sobre isto! Que tudo dê certo para vc! Beijosss

      Excluir
  130. Olá! Só tenho que discordar quando vc diz que a gravidez não cura endometriose. Acredito que PODE curar sim, embora não aconteça com todas. Eu tinha endometriose e muuuitas cólicas menstruais. Depois de 4 anos tentando engravidar, descobri que era infértil, pois minhas duas trompas estavam danificadas. Fui obrigada a fazer FIV e na segunda tentativa, graças a Deus, consegui engravidar. Já na cesária, minha médica me disse que eu não tinha mais endometriose, estava tudo limpo! Um ano e 2 meses depois do nascimento do meu filho, voltei a menstruar. Nos 4 ciclos seguintes, as cólicas, que chegavam a ser incapacitantes antes, simplesmente acabaram!!! E como num milagre, na 5º ciclo, engravidei naturalmente, aos 39 anos!!! Antes de engravidar do meu 1º filho, foram 4 anos de infertilidade. Então, não posso deixar de acreditar, a gravidez realmente me curou! Agora, sei que doença pode voltar, e como prevenção, depois do meu segundo filho nascer, pretendo tomar anticoncepcional direto e nunca mais menstruar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Denise! De fato, a gravidez é um ótimo tratamento para a endometriose. Na verdade, dizemos que ela não cura a doença, pois muitas mulheres que engravidam, após o parto, podem apresentar novos sintomas da endometriose, especialmente as que tem endometriose moderada a grave, então, não funciona com todas! Mas, que bom que com você deu certo! Não tem remédio melhor para a endometriose do que ficar grávida e ainda por cima ficar livre da doença, não é mesmo?? Beijossss

      Excluir
  131. Olá!
    Tenho 20 anos, e há 2 descobri que estava com endometriose, depois de sofrer
    dores insuportáveis que não cessavam. Fiz vários exames antes de descobrir a doença (tomografia, ressonância) até que os médicos decidiram fazer uma vídeo-laparoscopia, e logo depois da biópsia fui submetida a uma cirurgia para a retirada do ovário direito que estava comprometido com a doença.
    Depois disso, venho fazendo regularmente acompanhamento com o Ginecologista e exames de rotina. O que ele diz é que estou "livre" da doença, mas não sei bem o que isso significa, pois já ouvi dizer que ela pode voltar. Meus exames de sangue estão normais. Será que devo me preocupar muito? Gostaria muito de poder engravidar futuramente, mas tenho medo de não conseguir, pq além de tudo só tenho um ovário. Mudei recentemente de remédio, do Gestinol 28 para o Elani 28, pois com o Gestinol, engordei muito. Sabe me dizer se é bom deixar de menstruar com esses remédios contínuos? Tenho receio de não menstruar... Obrigada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gabriela! Na verdade, o melhor tratamento para endometriose, depois da cirurgia, é realmente suspender a menstruação. Portanto, não há problema em emendar as cartelas de anticoncepcional, desde que você esteja sendo acompanhada pelo ginecologista e tenha a indicação do mesmo. Você não deve menstruar até que queira engravidar. A menstruação alimenta ou pode trazer novos focos da doença, prejudicando todo o trabalho feito na cirurgia. De fato, a endometriose não tem cura, mas tem controle, e quando a cirurgia é bem feita, é possível ficar muito tempo sem dores e com controle da doença, mas para isto é preciso sim suspender a menstruação e visitar sua médica regularmente para novas avaliações, ok?

      Excluir
  132. Porque que eu fis a cirugia de endometriose no intestino e ainda sinto a mesma dor anal? alguem me responda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, é importante lembrar que antes de ir para a cirurgia de endometriose profunda, especialmente com comprometimento do intestino, é necessário realizar um exame de imagem especializado chamado "Ultrassonografia Transvaginal com Preparo Intestinal", pois às vezes, as lesões intestinais são maiores e mais profundas do que podem ser visualizadas na cirurgia. Muitas lesões estão abaixo do peritônio, e com o exame de imagem em mãos, o médico cirurgião pode saber exatamente a extensão da lesão e a retirá-la por completo. Algumas vezes, quando a lesão não é vista, ela tb não é tratada cirurgicamente, e aí a paciente volta a ter as mesmas dores. Esta pode ser uma das razões para vc continuar sentindo estas dores. Além disto, existem as questões das aderências que podem se formar após o procedimento cirúrgico e também causar dores. Você precisa ainda suspender a menstruação, para evitar novos focos de endometriose. Enfim, é preciso ser reavaliada novamente pelo médico que te operou, ok? Desejamos que tudo dê certo e vc melhore destas dores logo! bjssss

      Excluir
  133. OLÁ QUERIDAS! EU TENHO27 ANOS E, DESDE OS TREZE ANOS EU SINTO MUITAS DORES NA MNSTRUAÇÃO, NA VERDADE ANTES E DEPOIS DELA, COM O PASSAR DOS ANOS PIOROU TUDO EM TERMOS DE DOR, JÁ FUI A VÁRIOS MÉDICOS E JÁ FIZ MUITOS EXAMES,APESAR DE EU TER TODOS OS SINTOMAS DA ENDOMETRIOSE, OS ÚLTIMOSEXAMES QUE FIZ O DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA E A ULTRASOM NÃO FOI DETECTADO A ENDO POR MEIO DELES, GOSTARIA DE SABER SE ISSO É POSSÍVEL , TER A ENDOMETRIOSE E NÃO SER VISUALIZADO ATRAVÉS DOS EXAMES CITADOS ACIMA. OBRIGADA! BEIJOS!

    ResponderExcluir
  134. olá, tenho 26 anos e tenho uma filha de 6 aninhos, mas atualmente tenho sentido fortes colicas na menstruação e também quando ñ estou menstruada será que tenho endometriose, quero ter outro filho mas estou com medo de ñ conseguir, eu nunca tinha sentido colicas antes, e para engravidar da minha filha foi facil, será que posso ter endometriose?

    ResponderExcluir
  135. Ola, tudo bem?
    Eu descobri recentemente que tenho endometriose através de um exame transvaginal. Minha médica me passou Gestinol, estou na terceira cartela, só esqueci de tomar a pilula um dia no primeiro mês. E o máximo que atrasei no horario de tomar foram 3 horas. Porém ainda continuou tendo sintomas de tpm( seios doloridos, irritaçao, dor de cabeça) e corrimento como borrão. E nesta terceira carteira eu estou menstruando muito e com colicas e os demais sintomas supracitados. Gostaria de saber se isto é normal nos primeiros tres meses?
    E gostaria de saber se o grupo conhece algum especialista em endometriose para a Regiao de Sâo Carlos- SP
    Aguardo resposta! Beijos

    ResponderExcluir
  136. Olá, tudo bem?

    Eu descobri que tinha um nódulo na parede abdominal depois de dois anos que fiz uma cesarea,procurei um médico pensando que havia dado errado nos pontos da cesarea pois o nódulo e bem próximo aos pontos,a principio ele me disse que era normal que fazia parte do tipo de cirurgia,mas mesmo assim ele pediu para eu fazer um ultrassom da parede do abdome,no exame constou um endometrioma com a medida de 1 cm,com o resultado ele me passou um tipo de injeçâo de hormônios que eu não tomei,porque faço tratamento homeopático e tentei controlar com a homeopatia,mas passado quatro anos com um pouco de dor pois a dor não foi o maior problema mas sim o nódulo que cresceu passou a medir 3 cm,fiz uma ressonancia que constou focos de endometriose e o endometriama maior,no exame ca 125 o resultado foi 39,agora estou tomando allurene a 17 dias,estou satisfeita porque não tive efeitos colaterais e as dores que sentia passou,mas meu médico pediu para eu procurar um cirurgião geral para eu tirar o nódulo pois ele não faz esse tipo de cirurgia,o endometrioma está a 6 mm abaixo da pele estou com dúvida se devo procurar outro médico para ter outra possibilidade de tratamento já que es estou só no começo do tratamento com allurene. muito obrigada aguardo anciosa a resposta!

    ResponderExcluir
  137. Oi..Gostaria muito de uma resposta.
    Tenho 29 anos, recentemente descobri que tenho cistos nos ovários um pequeno mioma e dois focos de adenomiose. Quero muito engravidar, poia ainda não tenho filhos. Tive um aborto em Fevereiro, portanto pesquisei sobre o assuntoemuitos falam que o tratamento é cirurgico (histerectomia). Como posso tratar atraves de outros procedimentos. O ginecologista passou uma injeção CONTRACEPT para para de menstruar. Realmente é adequado?

    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  138. ola tenho 31 anos, i tenho adenomiose
    mas gostaria muito de ter outro bebe
    tenho 2 meninos. mas o meu medico mandou eu
    tomar anticonsepicional novamente
    o que fasso agora si eu para volta a descer o sangramento???

    ResponderExcluir
  139. ola e a primeira vez entro nesse blog gostaria dde saber como faço para ter o diagnostico certo sobre a endo pois tenho todos os sintomas e nas ultimas semanas tenho passado muito mal muita dor pelvica muita colica muito sangramento e fui ao medico e ele pediu para eu fazer um ustv mas em 2007 eu fiz um exame desse que deu achados de adenomiose e endo ovariana estou preocupada me ajudem por favor

    ResponderExcluir
  140. Oi a 2 anos estou tentando engravidar tenho 38 anos e filho de 10 anos apos fazer varios exames a transvaginal deu ovarios aderidos ao contorno do utero mas a salpingografia deu normal e ovarios livres sendo assim meu gineco decidiu que deveria fazer uma video para a investigaçao de endometriose o que estaria dificultando a gravidez me indicou um cirurgiao e marquei a cirurgia pra o dia 23/10 as 8:00hs como programado ele me disse que seria simples e rapido mas para minha surpresa ao acordar na sala de recuperaçao fui passar a mão na minha barriga estava com um furo no umbigo e um corte de laparotomia com tubo de oxigenio e não conseguia nem falar parecia que tinha me tirado o chão pois em nenhum, momento ele me disse que teria que abrir minha barriga.
    Quando ele chegou no quarto perguntei o que tinha acontecido e ele disse que tinha retirado o meu ovario e trompa direita não teve como ser por video porque estava muito comprometido mas oque estava ruim eu não tinha nada apenas iria realizar a video para retirada de endometriose para aumentar a chance de engravidar e agora ele tirou e me disse que o avario,trompa e utero tambem tem que ser retirado porque não irei conseguir engravidar pois estao ruim. Agora procuro resposta como e que pode ele fazer isso é normal pois se eu não tinha mais chance tudo bem apenas não iria me submeter a cirurgia ja que eu não tinha nada. Fica aqui minha tristeza do que me fizeram e peço se tem mais alguem com a mesmo problema .

    ResponderExcluir
  141. Estou me tratando dessa peste com Zoladex 10,8 e com o fitoterápico leite de Janaguba e sinto os miomas se desmanchando dentro de mim sim,não sinto mais aquelas dores que eu sentia, Janaguba é ótima auxiliar até na quioterapia,conheci uma mulher do maranhão que tinha 8 miomas, já estava pra fazer a cirurgia quando conheceu a Janaguba, tomou durante 1 ano e hoje não tem mais nada.O homem que me vende Janaguba já viu casos de pessoas em que para a alopatia não tinha mais jeito,pergunte as mulheres de antigamente de 80, 90 ou até 100 anos de idade pra ver o que elas consumiam?

    ResponderExcluir
  142. Gente minha irmã engravidou 2 vezes com endometriose, não fez tratamento nenhum ela é displicente em relação a isso,e a gravidez dela não a curou a segunda gravidez tava pior estava bem alastrado. Não sei como ela consiguiu engravidar sem tratamento, só Deus mesmo.

    ResponderExcluir
  143. Querida, tenho endometriose há 7 anos, mas só foi descoberta em junho de 2012. Operei em julho de 2012, mas minha dor NÃO MELHOROU ABSOLUTAMENTE NADA. Fiz ultrassom com a Dra. Chamié e ela disse que não aparece nada que esteja infiltrado. Em outubro fiz uma FIV, que deu negatva, quase morri de tanta tristeza, acho que estou morta até hj. Ou seja, continuo sem esperança de filho e continuo com dores terríveis. É normal depois da cirurgia continuar a mesma dor? Obrigada, beijos!

    ResponderExcluir
  144. Ah, além da endometriose e tristeza por FIV que deu negativa. Ainda tenho 6 miomas. JESUS...

    ResponderExcluir
  145. Boa noite..... Poderia por favor me indicar um especialista em endometriose no RJ. Ontem descobri q tenho quadro sugestivo de endometriose profunda.

    ResponderExcluir
  146. Boa tarde!
    É a primeira vez que entro no blog, e achei muito interessante!
    Tenho 20 anos, ainda sou virgem, e sinto muitas dores.
    Antes eu sentia cólicas fortes, mas só no primeiro dia da menstruação. Meu médico me passou tratamento com AC, pois eu estava com ovário policístico, e então as cólicas passaram, porém, o medicamento me dava muito enjoo, então suspendi o uso. Tempos depois, voltei a sentir muita cólica, e agora 3 ou 4 dias antes da menstruação, e sinto uma dor constante do lado direito do "pé da barriga", que piora quando menstruo.
    Gostaria de saber se pode ser endometriose...
    Fui a gineco hà alguns dias, e ela só passou Gestinol 28, mas não disse o que eu tenho, só disse que em algumas pessoas os ovários não funcionam corretamente, então sentimos muita dor, então o melhor a se fazer seria suspender a menstruação. Confesso que fiquei com um pouco de medo, pois não sei se é legal suspender a menstruação, ou se isso traz algum risco.
    Li que um dos sintomas da endometriose, é dor durante a relação sexual, tem pessoas que nem conseguem ter relação. Como eu disse, ainda sou virgem, vou me casar ano que vem, e tenho muito medo disso (de não conseguir ter relação, por conta da dor, e também de não poder engravidar.). Me Ajudem, por favor?

    ResponderExcluir
  147. Boa tarde!
    É a primeira vez que entro no blog, e achei muito interessante!
    Tenho 20 anos, ainda sou virgem, e sinto muitas dores.
    Antes eu sentia cólicas fortes, mas só no primeiro dia da menstruação. Meu médico me passou tratamento com AC, pois eu estava com ovário policístico, e então as cólicas passaram, porém, o medicamento me dava muito enjoo, então suspendi o uso. Tempos depois, voltei a sentir muita cólica, e agora 3 ou 4 dias antes da menstruação, e sinto uma dor constante do lado direito do "pé da barriga", que piora quando menstruo.
    Gostaria de saber se pode ser endometriose...
    Fui a gineco hà alguns dias, e ela só passou Gestinol 28, mas não disse o que eu tenho, só disse que em algumas pessoas os ovários não funcionam corretamente, então sentimos muita dor, então o melhor a se fazer seria suspender a menstruação. Confesso que fiquei com um pouco de medo, pois não sei se é legal suspender a menstruação, ou se isso traz algum risco.
    Li que um dos sintomas da endometriose, é dor durante a relação sexual, tem pessoas que nem conseguem ter relação. Como eu disse, ainda sou virgem, vou me casar ano que vem, e tenho muito medo disso (de não conseguir ter relação, por conta da dor, e também de não poder engravidar.). Me Ajudem, por favor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. to passando pela mesmíssima situação.. se já souber a resposta me avise

      Excluir
  148. ei quero deixar aqui para vcs leitoras que eu tive endometriose descobrir a cerca de 3 anos e fiz tratamento com o gestinol durante 1 ano e logo em seguida meu médico pediu que eu tentasse engravidar e eu tentei,era meu sonho ser mãe e foi tudo muito rápido pois aconteceu um verdadeiro milagre tive meu lindo filho ele hoje está com 1 ano e 4 meses e eu não sinto mais nenhum sintomas da doença graças a Deus,mais em primeiro lugar coloquei Deus na frente e tive muita fé e conseguir e fiquei muito feliz não desistam por nada e eu nem precisei fazer nenhuma cirurgia bjos a todas

    ResponderExcluir
  149. Boa Tarde,meu nome é Janaína tenho 38 anos e sofro com endometriose de parede abdominal localizada na incisão da cicatriz da cesariana.Fiquei sabendo que meu caso é um tipo raro de endometriose,mas infelizmente eu tenho.Fiz uma cirurgia para tirar um nódulo de quase 6 cm em 2010,em menos de 6 meses o nódulo voltou maior ainda e me causando dores mais fortes,minha região pélvica ficou meio deformada após a cirurgia,a cicatriz retraiu e a barriga caiu por cima,isso me incomoda muito esteticamente,hoje fiz uma ultrasonografia nova e o meu nódulo está com quase 10 cm e aparece outros pontos onde a doença está se espalhando.Eu sinto dores horríveis,nenhum remédio ou analgésico é capaz fazer passar a dor,eu não sinto dores apenas no período menstrual,após o período menstrual ainda fica inchado e dolorido por uns 15 dias,são dores tão fortes que chego a ficar de cama.Em minha cidade procurei vários médicos,mas sinto que por ser um tipo endometriose mais rara,eles me receitaram anticoncepcionais de uso continuo para que eu não menstrue com intenção que haja uma pequena redução do nódulo,fiz isso e nada adiantou.Estou agora a procura de médicos mesmo fora de minha cidade que possa ajudar a resolver meu problema,se for o caso,saio de minha cidade para fazer a cirurgia em São Paulo ou outra cidade que tenha médicos acostumados a lidar com meu problema,Minha barriga ficou como havia dito,muito funda e tenho medo também de fazer novamente a cirurgia para tirar esse novo nódulo e acabar deformando mais ainda,pois houvi dizer que em alguns casos,não sei se seria o meu,é necessário a reconstrução da parede abdominal com uma tela.Por favor peço que me ajude,me encaminhe me passando as instruçoes do que posso fazer.Fique com Deus,obrigada e aguardo uma resposta.

    ResponderExcluir
  150. Noooosssaa ME AJUDEM PELO AMOR DE DEUS TO COM MTAAAAAA DOR!!!
    SOU DO RIO DE JANEIRO ALGUEM SABE DE UM MEDICO BOM QUE TRATA ENDOMETRIOSE???? DOIS MESES QUE NAO SENTIA MAIS ESSA DOR AGORA VOLTOU.. MTO TRISTE AQUI!! meu nome eh daniele .. email danissequeira@hotmail.com se vcs souberem me manda por email o nome e o tek do medico.. fico grta!

    ResponderExcluir
  151. Tenho 39 anos, moro no RJ. Tive endometriose em 2001, tratei até 2003. Vários tratamentos. até dimetrose e homeopatia. Não operei. Pela ultrassonografia havia sumido. Mas não havia Ressonância para esse tipo de doença. Esse ano tive que insistir com a minha médica em exame de rotina para fazer a ultra pois ela tinha certeza que eu não tinha nada. Deu apareceu nos dois ovários. Depois fiz ressonância, confirmou. Estava com aderência no intestino. Os cistos são pequenos. Não sinto dores fortes, quase nada. Às vezes sinto nas laterais da barriga. Meu CA125 sempre foi normal, mesmo no primeiro tratamento. Incrível, sem dor e com CA125 meu tormento começa com os tratamentos. Pode isso? Em junho iniciei Qlaira, suspendeu a menstruação. Mas sinto dores de cabeça muito fortes, inchaço, ganho de peso, tonteiras,até dor no peito. Os médicos aos quais fui, dizem que vai passar ou que é psicológico pois as outras pacientes não sentem nada.Já tive dores no peito. Prisão de ventre. Em dezembro fiz outra Ressonância, que por um lado parece que melhorei. Mas apareceu uma hemorragia que eu não sei se foi hemorragia ou se foi um sangramento de escape que tive uma semana antes, pois atrasei algumas horas o remédio. E de dezembro para cá tenho tido depressão. tem dias que começo a chorar, sem causa aparente. Nem eu suporto. Atualmente, se não estiver trabalhando, fico sozinha, choro até cansar. Depois tento reagir. Esse mês tive que ligar para uma amiga, pois não conseguia parar de chorar. Fiquei muito mal. Ela me sugeriu a internet.E aqui estou eu. Já fui à dois médicos. Me receitaram Allurene, mas além de ser caro, ouço falar dos efeitos colaterais. Por isso estou confusa, não sei se troco a medicação. Tenho medo. Sem dores da doença CA 125 normal, encarar mais efeitos colaterais... Irei esse mês em mais uma médica. Mas se passar Allurene, acho que vou tomar. Se puderem me ajudar. Os efeitos são tão ruins assim? Desculpem pelo desabafo.

    ResponderExcluir
  152. ola meu nome é gilvania tenho 32 anos e ultimamente estou sofrendo muito pois desde maio de 2012 sofro com o ciclo menstrual inrregular fiz varios tipos de exames mais nada nos resultados mais quando foi em inicio de janeiro descobrir uma possivel ademiniose levei os exames pra minha medica e ela falou que era endo fiz tratamento com elane 28 mais quando fez um mes de tratamento mesmo fazendo o uso do medicamento começei a sangrar ela mudou de remedios para gestinol mais depois voltei a sangrar ai minha medica aumentou a dosagem 2 de manha e 2 de noite mais nada feio pois desde de terça feira de carnaval nao paro de sangrar mesmo fazendo uso do medicamento .ate mais .......... bjos e fiiquem com deus

    ResponderExcluir
  153. Oi para todas, nao tem ideia do meu alivio ao descobrir o grupo, sinto me menos equivocada sobre o assunto ao ler todas as duvidas e respostas das leitoras e tambem tenho uma. tenho 23 anos e me foi diagnosticada a endometriose a 1 ano atras e tenho vindo a suspender a menstruacao com a pilula desde la, mas sinto dor e por isso o medico sugeriu a laparoscopia para poder verificar o grau de insidencia da endometriose e tentar eliminar ao maximo os focos. tou com um bocado de medo do procedimento embora me tenham dito que 'e pouco evasivo. Sei que a Gravidez nao cura mas ajuda digamos que a controlar a doenca e nunca havia tentando engravidar . Mas agora com a ameaca da infertilidade tenho pensado bastante nisso e ate por opiniao do medico. A minha questao 'e , se antes de fazer a video laparoscopia posso ja tentar engravidar, ou tenho mesmo de faze-lo antes de tentar? nao gostaria mesmo d ter d fzr nenhuma cirurgia. texto longo o meu :)

    ResponderExcluir
  154. Olá eu tenho endometriose e estou fazendo tratamento a dois anos com elani 28 queria saber se tem tempo máximo pra tomar esse ac ou não tenho 26 anos e quero parar de tomar pra engravidar daqui um ano mais ou menos, mais estou com sangramento tanto por via vaginal como intestinal seguido de dores o que fazia muito tempo que não tinha vc sabe o que pode estar acontecendo. Obrigada e gostei muito das informações já dadas.

    ResponderExcluir
  155. Olá meninas tenho 17 anos , e decobrir hoje que tenho endometriose , estou muito nervosa com essa nova noticia , portanto nunca sentir fortes dores ,POr isso achei estranho que minha ginecologista detectou a endomentriose pelo exame de sangue , e a ultrassonografia pelvica nao constatou nada como pode isso ,DEsde de ja muito obrigada Adorei ler as informaçoes ja postadas foi de muita ajuda para mim

    ResponderExcluir
  156. oi meu nome e nubia tenho varias dores antes da menstruaçao na relaçao e durante a menstruaçao e quando estou mestruada vou evacuar doi muito isso so acontecendo depois que te meu filho e foi cesariana sera que tenho endomentriose?

    ResponderExcluir
  157. Olá meninas meu nome é Natasha,tem algum grupo de APOIO em Curitiba para mulheres com endometriose? Também estou na batalha para derrotar essa terroristinha chamada endometriose.
    Força e fé a todas.

    ResponderExcluir
  158. é verdade que endometriose só da em mulheres que já tiveram a primeira relação sexual? caso não , qual é o melhor exame para detectar essa doença em alguém que seja virgem ?

    ResponderExcluir
  159. Boa noite, tenho 35 anos e fui diagnosticada com endometriose em 2008, fiz cirurgia para retirada do endometrioma. agora em 2013 ressurge um novo endometrioma, mudei de cidade e aqui não encontro especialista.
    Minha ultrassom diz que o endometrioma tem 105 cm cúbicos, ja fui em tres ginecologistas que disseram que tem que operar urgente pois está do tamanho de uma laranja e o ultimo (quarto) diz que devo fazer tratamento com eliane 28.

    estou cheia de dúvidas, pois não sinto muitas dores, porem meu fluxo dura até 15 dias. as dores são mais durante a relação sexual e a depender da posição que durmo.


    estou apreensiva, ainda não fiz a RM, porem já fiz CA 125 estou aguardando o resultado

    o que faço?

    ResponderExcluir
  160. Boa Noite!

    Adorei esse site, onde tirei várias dúvidas. Porém gostaria de saber o que fazer: tenho 41 anos, há dois tive um filho e agora fui diagnosticada com endometriose. Estava pretendendo engravidar novamente, porém a médica passou Alurene ( disse quer nao impedia de engravidar) para tratamento do doença e li que a mesma impede a ovulação, é muito similar ao anticoncepcional. Penso em tentar por mais um tento e so depois tomar o remedio. Que sugere? Tem algum problema nao tomar de imediato?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  161. Ola, descobri que tenho cistos no 2 ovarios, e endometrioma
    Gostaria de fazer meu tratamento com especialista em endo. Vcs poderiam me passar contatos em Campinas ?Desde ja muito agradecida, meu e-mail vanessa_oliver.23@ hotmail.com

    ResponderExcluir
  162. Oi tenho 22 anos e no dia 1 de junho retirei meu ovario esquerdo por causa da endometriose . Estou assustada pq as pessoas falam ,haaaa coitadinha ela n vai poder engravidar mais,mais eu seu que nao é verdade ,pq meu medico disse que eu poderia sim engravidar.Mais a baixa alto estima dos outros acaba me derrubando . Gostaria de saber quais sao as chances da endometriose voltar ? Será q eu tenho q engravidar logo pra q n volte ? Obrigado

    ResponderExcluir
  163. Ola meu nome é Juliana, fiz a cirurgia para retirado da endometriose na ultima terça feira, estou ainda me recuperando, tenho várias duvidas pq mesmo sendo muito bom meu medico ele não me explica abertamente, o que acontece daqui pra frente, ps. tenho 2 filhas e não quero mais ter filhos então esse não é meu problema, apenas quero saber se vou ficar boa e não ter mais essas dores terriveis que tive nos ultimos meses. obrigada

    ResponderExcluir
  164. Oi meu nome é Isabel,fiz a cirúrgia para retirada da endometriose dia 03/07/2013.Qual o melhor tratamento depois da realização da vídeo?Lembrando
    que meu organismo não se adaptou a alguns anticoncepcionais como:CERAZETTE,MERCILON CONTI,MINIAN.Pois aumentou minha pressão arterial e senti muita dor de cabeça.Também tenho a prolactina alta,mas não tenho tumor na hipofise.Será que posso tomar o ZOLADEX? Adorei o blog...Bjus

    ResponderExcluir
  165. olá sou shirley tenho 23 anos não tenho filhos é sinto dores quando fico menstruada e ao defecar e menstruar isso pode ser sintomas de endometriose por favor me responda

    ATT:shirley
    obrigada

    ResponderExcluir
  166. ola meu nome é Mariana , a um tempo fui no medico porque estava notando uns caroços na virilha , de lado , bem onde a perna dobra .. por isso demorei notar ,o dia que fui ele estava bem inchado,o medico não pediu nenhum exame e me disse que era endometriose , eu não voltei nem para o retorno , porque fiquei muito assustada ,pois já conhecia a doença ...ele parece uma espinha , ou um cabelinho inflamado , e esses dias saiu um pus ...por isso fico em duvida , mas já estou procurando um outro medico especializado na área , mas alguém já ouviu falar de endometriose desse jeito ?

    ResponderExcluir
  167. Amei o texto...
    Olá meu nome é kelly...Sofri muito, até que uma bendita ginecologista descobriu a Endometriose em mim e eu tratei...Hoje vivo melhor, com poucas dores em vista a alguns anos atrás, consegui engravidar, mas ainda sinto muitos sintomas que eu gostaria que estivessem sumido com o passar dos anos...

    ResponderExcluir
  168. Meu nome e Jessika descobri recentemente que tenho endometriose, ovarios policisticos e mioma,
    tenho muita colica, fluxo abundante, com ciclos frequentes, sinto dores constantes nas costas, pernas e abdomem, e quando estou na TPM nenhum analgesico alivia minha dor. O que posso fazer nessa caso, pois sofro muito com as dores.O mioma a ginecologista desconfia de ser adenomiose pois o tamanho do meu utero esta quase o dobro do tamanho normal, tenho infecçao urinaria frequente todas as vezes que tenho o ciclo mestrual e dores intestinais tambem. Iniciei o tratamento recentemente, porem as dores sao cada vez mais fortes e constantes. E muito ruim sentir dor 24 horas do dia, tenho TPM quase que toda a semana com fluxos abundantes. Nao tenho filhos e ate o momento nao encontrei a explicaçao para tantos problemas. Nos ultimos exames que fiz deu varias alteracoes e meu medico disse que terei que fazer uma videolaparascopia para investigacao pois ele suspeita de endometriose profunda e adenomiose. Ultimamente minha vida tem sido laboratorio e hospital, pois vivo com dores muito forte, fora o inchaco do lado esquerdo da pelve. Estou tomando 2 comprimidos de tramadol 8 em 8 horas e mesmo assim tenho dores. Jamais imaginei que uma doenca pudesse trazer tantos transtornos.

    ResponderExcluir
  169. Olá me chamo Eduardo e minha namorada tem endrometriose, sempre tivemos uma vida sexual ativa e intensa mas de uns dias pra ca meu desempenho caiu sinto tesão e desejo por ela como sempre, ela já chegou ate a pensar q eu saio com outra mulher, ela disse tbm q isso já ocorreu outra vez com outro namorado. Qro saber se é possível endrometriose ca importância ou baixar a libido, to desesperado não sei o q fazer amo minhn namorada mas ela anda triste pois ela sabe como sou na cama com ela e ela acha q tenho outra não qro perdê-la por favor me ajudem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduardo, um pouco antes da minha crise, uns 5 meses antes, eu tinha zero de libido. Eu sempre estava dolorida, sempre tive muita alergia vaginal e ao consultar meu médico na época, o mesmo informou que falta de libido, alergias e até mesmo candidiase são comuns em mulheres com endometriose ou em crise de endometriose.

      Excluir
  170. olá,
    meu nome é Jéssica tenho 21 anos e com 18 descobri a endometriose,e depois de ouvir muitas besteiras e até mesmo tratamentos errados; descobri um especialista em BH.
    Comecei a me tratar com ele, e estou pra fazer a minha primeira histerossalpingografia, me sinto tão confiante, sempre tive o sonho de ser mãe e acho que chegou a minha hora.
    Achei as informações muito uteis não so para as portadoras da endo, as demais pessoas também deve se informar,já sofri muito preconceito por causa da falta de informação,e creio que não sou a única. Fico muito feliz de saber que meus anseios são os mesmo de algumas mulheres, e poder compartilhar os meus sentimentos mais profundos e saber que sou entendida. Obrigada

    ResponderExcluir
  171. Olá, meu nome é Patricia, tenho 29 anos, estou apavorada, pois eu tenho um problema que descobri em outubro do ano passado que eu tenho hipotiroidismo ( Tiroide ), fui numa ginecologista e falei os meus sintomas, ai ela fez um exame de TSH, e constou que eu tinha Tiroide, então me passou um especialista, bom estou me tratando a 1 ano desse problema tomo puran t4 75mg, e eu quero muito ser mãe e não consigo, fiquei 8 meses sem mestruar, minha médica disse que poderia ser por causa da minha tiroide, então estou fazendo alguns exames e não aparece nada de errado, esse mês, estou menstruada já quase 1 mês, estou com muita dor, muita cólica, e o sangue não para de descer, procurei duas vezes o hospital na emergência, a medica me examinou e disse que o meu útero ta fechado que isso era um bom sinal, mas que eu poderia estar com endometriose ou polipo, fiquei arrasada, pedi ajuda pra eles, e eles não fizeram nada por mim, mandaram eu embora do hospital, disseram pra mim procurar um posto de saude, pra mim fazer os exames e conseguir um tratamento ou uma cirurgia, estou sem chão, procurei na internet pra saber o que era endometriose, estou apavorada, ja tenho 29 anos, vou fazer 30 agora em dezembro, o meu sonho de ser mãe está cada vez mais longe de mim, primeiro por causa da tiroide, agora talvez eu tenho mais essa doença que tmbm não tem cura, mais dificil fica pra mim, as vezes acho que não é pra mim ter filho, e eu fico insistindo tanto, tenho medo de conseguir engravidar e ter um bebê com problemas mentais, ou deficiência, sei lá, com tanta doença que eu estou tendo, tenho chance de ter um filho saudável, sem eu me preocupar com a formação de um bebê se um dia eu vier a engravidar, não quero olhar pra um filho meu, e ver a sua dificuldade dele, e ver que é por minha culpa, por um sonho meu, estou perdida, aranzada, não sei o que pensar, o que dizer, o que fazer, quais os exames eu tenho que fazer, por onde eu começo, peço ajuda, obrigada pela atenção.

    ResponderExcluir
  172. Fiz uma curetagem a apenas 4 meses e os sintomas voltaram.Será que terei que fazer nova curetagem? A endometriose volta sempre?

    ResponderExcluir
  173. Oi meu nome é Vanessa, descobri que tenho Endometriose a 8 meses, fiz tratamento de 6 meses com Allurene, tomei o último comprimido dia 31/10/2013 e até hoje minha menstruação não veio, alguém pode me dizer se isso é normal, sei que já ovulei porque dia 08/11 veio uma coisa tipo clara de ovo e desde que parei com a Allurene eu e meu marido estamos treinando bastante pois queremos engravidar logo. O fato da menstruação não ter vindo ainda será que é normal ou posso estar grávida...me ajudem por favor.

    ResponderExcluir
  174. Olá meninas, me chamo Larissa, tenho 29 e descobri a endometriose aos 26. Sempre tive muitas cólicas desde o início de meu ciclo menstrual, mas de 2009 até 2011 as coisas pioraram significativamente. Em novembro de 2010 acordei um dia rodeada de sangue e com muita, muita cólica. Fui ao hospital, não descobriram nada. Marquei diversos médicos e, em quase todos, o diagnóstico clínico era de um possível cancer, dado que meu CA125 estava muito alterado. Em uma das crises, nesse período, cheguei a ir com minha mãe a uma loja de perucas, caso os próximos exames diagnosticassem cancer de fato.
    Por sorte, uma tia me recomendou o Dr. Milton Wajman, em São Paulo, especialista em endometriose. Abençoado seja o Dr. Milton. Após os exames fiz a videolaparoscopia, coloquei o DIU Mirena e hoje vivo uma vida muito mais feliz. As vezes ainda sinto dores, não vou negar, mas nem se comparam ao que já passei.... Acho importante dismistificar a endometriose e compartilhar experiências, pois, de fato, num primeiro momento, para um médico menos experiente, o diagnóstico errado pode acontecer, como aconteceu comigo!
    O meu maior medo é não poder engravidar... Namoro há 11 anos, me caso ano que vem e ainda não sei se posso engravidar ou não. Deus queira que sim, pois este é o sonho do meu noivo...

    ResponderExcluir
  175. oi então se sinto colicas tenho endometriose? teenho colicas apenas no primeiro dia da minha mestruação, fortes e que passa quando tomo remedio, ah e fico mestruada apenas 3 dias no maximo 4, tem algum problema? tenho medo de não poder engravidar.. me por favor me responda..

    ResponderExcluir
  176. ENDOMETRIOSE EM MULHER DE 48 ANOS DE IDADE CUJO O UTERO E OS OVÁRIOS JA FORAM REMOVIDOS

    É possivel?



    Minha esposa acabou de sair do Hospital.... apos 4 dias de dores agudas na região abdominal sem sinal de melhoras fomos ao hospital, um ultrason foi feito e foi encontrado um nódulo na cavidade vaginal.

    Estou muito preocupado... que seja Cancer... ela ja teve cancer de mama, fez a cirurgia de remoção, fez quimioterapia e radioterapia.... isso tem uns 3 anos... quase quatro...



    O médico do hospital não deu mairoes informações e isso me deixou completamente apavorado...



    por favor alguem poderia me ajudar dando informacoes sobre este caso específico?



    Devido a gravidade do nosso problema agradeço de puderem responder o mais breve possivel para tomar as decisoes corretas o mais rapido possivel...


    Quem souber algo sobre esse caso especifico por favor me responda no email: valarinim@gmail.com

    Att, Mauricio R Valarini

    ResponderExcluir
  177. Olá meninas, adorei este blog! Tenho suspeita de endometriose, devido a cisto em ovario esquerdo, sangramento pós ovulatório que dura até a menstru descer. Nao tenho muitas dores abdominais, mas faz uns 6 meses estou com muita dor lombar, que aparece quando estou ovulando e só melhora após a menstruação. Ja ouviram falar disso como sintoma de endo? Enfim... já fui a varios médicos, mas gostaria de saber se vcs tem alguma recomendação de especialista em endometriose, em florianopolis. Não me adaptei ao tratamento com pilula e fiz por um tempo homeopatia, mas agora cansei de ter dor! Já estou disposta a pilula de novo, ou videolaparoscopia, o que for! Só queria estar "em boas mãos". Desde já muito obrigada!

    ResponderExcluir
  178. Olá, meninas! Parabéns pelo blog! Meu nome é Bruna e tenho 32 anos. Fiz uma videolaparoscopia em agosto e estou nas tentativas para engravidar. Meu ciclo está meio confuso. Gostaria de ouvir da colegas, experiências sobre o pós cirurgico. Nos meses subsequentes à cirurgia tive sangramento pré-menstrual com duração de cinco dias. Será que isso é normal? Em média quanto tempo demora para engravidar depois da cirurgia? Estou muito apreensiva, pois tenho medo da endo voltar. Abraços.

    ResponderExcluir
  179. nao tenho mais utero,so um ovario direito,como faço pra saber se existe tratamento pra engravidar?ou sera q consigo alguem q possa me da um utero?me ajudem por favor,preciso da um filho ao meu marido,ele fica triste em saber q nao existe como engravidar...meu telefone é 21 97304-0498 rio sao gonçalo me ajudem obrigada a e meu email.é mariana_file20@hotmail.com

    ResponderExcluir
  180. AS PESSOAS COM ESSE TIPO DE PROBLEMA OVÁRIO POLICÍSTICO, UTERO, QUE NÃO CONSEGUEM ENGRAVIDAR, MUITO SONO, ENXAQUECA, DEPRESSÃO. ETC ... ETC... DEVEM TOMAR COM URGENCIA UM BOM VERMÍFUGO TIPO 6 DIAS DE ALBENDAZOL 400 QUE CURA TUDO ISSO, SÓ NÃO PODE TOMAR NADA DE ALCOOL. EXPERIMENTEM, VÃO FICAR CURADAS DE TUDO ISSO.FAÇAM A EXPERIENCIA NÃO CONTESTE E VERÃO O RESULTADO.

    ResponderExcluir
  181. Estou com dores horriveis no abdomen que começou há dois anos passei por algumas Ginecologistas e estava com cisto funcional, as dores voltaram mais fortes e sem fazer exames me disse que estou com endometriose no intestino e me pediu para procurar um gastro. Estou muito chateada pois pra mim tudo é muito novo. Gostaria de parabenizar pelo blog pois estoi conseguindo tirar duvidas. Nada tira a dor, tomei Bi profenid, lisador , tomo Gestinol 28. Espero conseguir um bom profissional para me ajudar.

    ResponderExcluir
  182. ola ,meu nome e lucianna tem 35 anos , casada ,4 filhos ,depois de longos anos de muita dor ,ja nao aguentando mais fui a proucura de uma soluçao ,passei por varios medicos ,ate que uma especialista diagnosticou endometriose apenas pelo meu quadro clinico ,fiz exame tas como ultra e ressonancia que tambem nao deram nada, continuamos com o tratamento ,e as dores so aumentando ,me mudei e comecei atratar com ginicologistas comuns ,que nem sabia do q eu estava falando ,passando por mais 4 medicos 1 me disse q pra ter certeza teria q me abrir ,pra abrir seria melhor tirar ,a dor era tanta q decidi q queria ser operada .27;07;2012 OPEREI mandaran pra biopcia que deu adenomiose hoje estou com cisto endremioma no ovario esquerdo .

    ResponderExcluir
  183. gostaria de saber se ac desaparece com cisto endrometrioma de 4c ,fui indicada a fazer tratamento com ac por 2 meses. para avaliar uma possivel cirurgia ,ja fiz uma histerctomia a 1e 6 meses,por endometriose.

    ResponderExcluir
  184. Isso parece legal, um grupo de apoio, queria ter conhecido na minha juventude.... quando as pessoas estudadas da medicina apontava como uma mera mania de doença... Mas achei interessante. Mas, até hoje, ainda não descobri modo de amenizar todo esse tropeço. No mais, parabéns!

    ResponderExcluir
  185. Oi tenho 29 anos de idade,e desde meus 13 anos passei por muitas dores passei por vários médicos e ninguem sabia me dizer o que eu tinha,e assim fui levando a vida. Com 16 anos me casei as vezes estava bem as vezes com muita dor, todos os meses eu tinha muita dor quando menstruava tinha muita emorragia,com 18 anos descobri que estava gravida mas que havia tido um aborto espontaneo e que precisava fazer uma coletagem,fiz e o médico me disse que eu n poderia mas ter filhos. E com 19 anos de idade descobri que eu estava gravida tive uma gravides um pouco complicada mas meu filho nasceu muito bem com 4 quilos e 48 cm muito saúde mas depois que tive o meu filho todas as quelas dores que eu tinha antes eu voltei a ter mas com muita frequencia e mas forte e com 20 anos de idade descobri atraves de uma videolaparascopia que estava cm endometriose fis tratamento por 2 anos e n obtive resutados de melhoras e eu vinha sentindo muitas dores a cada dia pior ficava mas no hospital do que na minha casa. Então aos 22 anos de idade meu médico resolveu junto comigo que eu deveria tirar o utero,tirei pensando que eu iria ter uma vida normal ,mas com 24 anos precisei retirar um dos meus ovarios com 26 anos retirei o outro ovario passaram se mas 2 anos e hoje estou mas uma vez muito mal com muitas dores muito inchada ,n consigo ter uma vida normal,eu gostaria de saber o por que ainda meus médicos incistem em falar que eu estou com endometriose mesmo eu tendo feito todas essas cirurgias por favor me responda se eu ainda posso ter essa tal endometriose... beijos aguardo respos a sou da qui de Guairaçá PR

    ResponderExcluir
  186. Boa tarde meninas,
    Tenho 33 anos e duas filhas, no dia do parto da minha filha de 9 anos, fiz laqueadura, mas percebi que durante a cicatrização da cesária sentia uma forte dor na região útero quando alguém sentava no meu colo ou dobrava o corpo, e sempre tive essa região sensível até hoje, sou uma mulher que nunca tive cólica quando adolescente, mas de uns 4 anos para cá, tenho uma cólica que parece que estão quebrando meus ossos e sangro muito, não consigo ficar em nenhuma posição e nem respirar, vou parar no hospital, mas os remédios que aplicam lá não ta mais fazendo efeito, já me deram tb Profenid, mas ele segura a dor por 20min.
    Então procurei ajuda médica, e descobriram que tenho endometriose atras do ovário, mas não sabem o tamanho, a médica me deu Elani28 para tomar, no primeiro mês que tomei, diminuiu a dor e o sangramento, mas no segundo, voltou tudo de novo !
    Uma semana antes de ficar menstruada ja tenho cólica mais fracas e minha pele fica com espinhas que nascem para dentro e muito doloridas !
    Moro em São Bernardo do Campo-SP, teria algum especialista em endometriose para indicar ?
    Obrigada desde já !

    ResponderExcluir
  187. ola eu tenho endometriose desdos 11 anos de idade agora tenho 17 estou tendo algumas reaçoes muito estranhas e nao sei se é por causa dos remedios ou outra coisa!! me ajudem por favor!!

    ResponderExcluir