quarta-feira, 17 de julho de 2013

RespondEndo: Pergunte ao Doutor!






Olá!!!! 

A sessão "RespondEndo: Pergunte ao Doutor!" trás hoje mais 5 perguntinhas selecionadas nos nossos grupos de apoio virtuais no Facebook e respondidas pela médica parceira do nosso grupo, a radiologista especialista no diagnóstico por imagem da Endometriose Profunda, Dra. Luciana Chamié.

Dessa vez, vamos entender o que é o famoso endometrioma, também conhecido como os cistos achocolatados, que já falamos aqui no blog. Bem como qual o melhor exame que consegue diagnosticar esse verdadeiro tormento na vida da portadora de Endometriose.

Vamos falar também sobre um exame muito pedido pelos especialistas chamado "colonoscopia" e tentar entender para que serve e se ajuda no diagnóstico da endometriose intestinal! Por falar em endometriose intestinal, será que a diarreia e/ou constipação durante a menstruação tem relação com este diagnóstico?

Sabemos que a dor na relação é hiper desconfortante e indesejada, nessa sessão a Dra. Luciana explica a dor tem relação com a endometriose na vagina. E por fim, ela explica o que quer dizer o termo "Endometriose Infiltrativa" que é tanto usado pelos médicos! 

Não esqueçam de que as respostas contidas aqui no blog não descartam a necessidade de procurar um médico especialista em endometriose, ok?!! Lembrem-se sempre de que cada caso é um caso e a avaliação médica é fundamental para um bom tratamento!!!

Quem desejar ter sua pergunta respondida por um especialista parceiro do nosso grupo, entre em contato conosco através do email: gapendi@hotmail.com 


1 – O que é endometrioma e qual o exame que consegue diagnosticar um endometrioma?

Adicionar legenda
Dra. Luciana Chamié- A endometriose nos ovários pode se apresentar dus formas, uma mais superficial com diminutos implantes na superfície de sua cápsula, de difícil diagnóstico aos métodos de imagem e outra mais profunda, na forma de cistos de conteúdo hemorrágico antigo, denominados ENDOMETRIOMAS. O endometrioma portanto é o cisto de endometriose dentro dos ovários e o seu diagnóstico pode ser feito tanto através de ultrassonografia transvaginal como pela RM. A RM é o método de maior acurácia para o seu diagnóstico, pois possibilita a identificação do conteúdo hemorrágico antigo presente nestes cistos com 98% de acurácia.

2 – Quem sente dor na relação pode ter endometriose na vagina?
Dra. Luciana Chamié- Sim, pois é muito frequente se observar o comprometimento da parede posterior da cúpula vaginal pelas lesões de endometriose. Na grande maioria das pacientes trata-se da extensão inferior de uma lesão retrocervical, do que um comprometimento isolado da parede vaginal. As lesões podem se restringir à infiltração da parede ou a nódulos que se projetam para o fundo vaginal, sendo então visíveis ao exame ginecológico especular.

3 – Meu médico me pediu para fazer um exame chamado “colonoscopia”. Para quê serve este exame? É para ver a endometriose intestinal? 


Dra. Luciana Chamié- A Colonoscopia é um exame endoscópico do retossigmóide e dos cólons (direito, esquerdo e reto), onde é introduzida uma câmera dentro da luz do intestino. O método não possibilita a identificação direta dos focos de endometriose intestinal,  já que avalia a alça por dentro, ou seja a superfície mucosa. As lesões de endometriose comprometem a parede do intestino de fora para dentro, em geral infiltrando até a camada submucosa, raramente atingindo a mucosa.  Quando muito grandes, as lesões de endometriose podem causar um enrijecimento da parede ou mesmo angulação fixa do segmento acometido, podendo então sugerir a presença de uma lesão extrínseca.

4 – O que quer dizer “Endometriose infiltrativa”?

Dra. Luciana Chamié- Este termo tem origem na descrição anatomopatológica da doença, na qual os implantes de endometriose que infiltram a superfície peritoneal por mais de 5mm de profundidade são denominados de endometriose profunda ou infiltrativa.


5 – Se eu tenho diarreia ou constipação durante a menstruação, isto quer dizer que posso ter endometriose intestinal?
Dra. Luciana Chamié- Sim , mas como estes sintomas são inespecíficos, ou seja podem estar presentes como manifestações clínicas de outras doenças,  não é possível apenas com base nestas informações diagnosticar endometriose intestinal. As alterações de hábito intestinal (intestino preso se tornar mais “solto” nos primeiros dias da menstruação) são frequentes nas mulheres durante a chegada do período menstrual sem necessariamente estar associado a alguma doença.



Até a próxima!!!

Marília Gabriela Rodrigues
Luciana Dimante

4 comentários:

  1. Ola... descobri que tenho endometriose quando tinha 26 anos... andei por vários médicos que me diagnosticaram com tudo, inclusive transtorno por dor que não existia. Descobri sozinha um endometrioma de parede... por insistir várias vezes ao médico para passar o ultrasson no local que cirugia pélvica... Retirei esse endometrioma, retirei o útero por adenomiose e hj na última RM detectou que tem no ovário direito, no fundo da vagina e na parede superior da bexiga. Tomei alurene por 5 meses o que não adiantou nada... sentia tudo e mais uma porção e efeitos colaterais.... Fiz uma cirurgia espiritual e hj estou mais ou menos sem dor. Meu médico pediu para voltar a tomar o cerazette e esperar eu entrar na menopausa. Hj tenho 47 anos. Fico na dúvida quanto ao tratamento. Tenho medo disso se alastrar no meu abdomem.... Isabel Cristina

    ResponderExcluir
  2. Olá o ano passado eu fiz a cirurgia por video,tem mais ou menos 8 meses,estou tentando engravidar faz mais ou menos uns 4 meses e não consigo,estou tomando o remédio INDUX mesmo assim não consegui engravidar,será que tenho mais algum problema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristiane.

      Eu tenho endometriose também, mas o que me impossibilitava de engravidar era uma Endometrite (inflamação na parede do intestino); No meu blog falei mais sobre o assunto. Para que eu chegasse à esse diagnóstico foi preciso achar o médico certo. Em 2 anos passei por 3 médicos até que encontrei um que me ouvisse.

      Espero ajudar!

      Excluir
  3. Olá, adorei o seu blog, ao ler alguns posts, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, vc tem um potencial enorme e sei que será um grande blog de fácil entendimento e conteúdo gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir