BEM-VINDA AO BLOG DO GAPENDI!

Endometriose: SabendEndo e ApredendEndo a Conviver!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

CUIDADOS QUE DEVEMOS TOMAR ANTES DE REALIZAR A VIDEOLAPAROSCOPIA

Olá, meninas!



Escolhi hoje falar de um tema importante: os cuidados que devemos tomar antes de realizar a cirurgia para tratamento da endometriose.

Sabemos que a endometriose é uma doença que pode comprometer o bom funcionamento dos órgãos da nossa pelve, como por exemplo os ovários, útero, trompas e até intestino, bexiga e outros. Ela causa inflamações e aderências que por sua vez nos faz sentir muitas dores, mesmo fora do período menstrual.

Quando as dores são insuportáveis e os exames mostram que a doença está avançada, a indicação é, na maioria dos casos, a realização de uma cirurgia para verificação e tratamento dos focos da doença.

Atualmente, esta cirurgia é feita através da Videolaparoscopia e mais recentemente através da Cirurgia Robótica. De um jeito ou de outro, é preciso tomarmos alguns cuidados antes de nos submetermos a tal procedimento. Desta forma, poderemos planejar melhor nosso tratamento e evitar que tenhamos de nos submeter a inúmeros procedimentos cirúrgicos descenessários.

Então, a seguir listamos algumas "Dicas Básicas" a serem observadas antes do tratamento cirúrgico para endometriose:

1) Não escolha um médico ao acaso. Converse com amigas ou parentes que tenham feito alguma cirurgia (de preferência para endometriose) com este médico. Pergunte como foi o atendimento pré e pós-operatório e peça para ver o resultado.

2) O próximo passo é conferir se o médico recomendado tem especialização em Videolaparoscopia e está ligado à Sociedade Brasileira de Videolaparoscopia e/ou Cirurgia Robótica, ou se tem habilitação para realizar esta cirurgia.

3) É preciso verificar também se o seu médico é especialista em endometriose, inclusive se está preparado para tratar os focos de endometriose que porventura estejam em outros órgãos como intestino e/ou bexiga. É importante certificar-se de que este médico tem uma equipe cirúrgica apta para lidar com a doença que acomete os órgãos não ginecológicos.

4) Informe-se sobre a participação do médico em congressos e palestras, apresentação de trabalhos, publicações e o número de cirurgias realizadas.

5) Marque uma consulta com pelo menos dois médicos da sua lista. Assim você poderá comparar suas opiniões, condutas e honorários. A conversa pessoal com o cirurgião também pode mostrar se ele transmite confiança. Aproveite para deixar claro seus objetivos e esclarecer todas as suas dúvidas.

6) Certifique-se de que o cirurgião é credenciado nos bons hospitais da cidade, mesmo que tenha a própria clínica e centro cirúrgico.

7) Lembre-se de que qualquer procedimento cirúrgico deve ser realizado em Hospital reconhecido, equipado com UTI e toda a aparelhagem necessária para quaisquer eventualidades. (Esse negócio de fazer cirurgia em clínica é a maior furada);

8) O médico tem o dever de lhe informar e tirar todas as suas dúvidas a respeito da cirurgia, além disso, ele deve:



- perguntar sobre suas expectativas, discuti-las com você e considerar as suas reações quanto às recomendações dadas;

- responder todas as suas dúvidas numa linguagem absolutamente compreensível;

- dar informações sobre o procedimento: o nível de complexidade, o tipo de anestesia, a internação, o repouso, as restrições na vida cotidiana, os cuidados em longo prazo;

- deixar claro os riscos envolvidos com a cirurgia e possíveis intercorrências e complicações. OBS: É importante que a paciente esteja ciente de tudo que será realizado e ter esta conversa documentada. (Isto evita que você saia da cirurgia sem o útero, ovários, trompas, mesmo sem saber que isto era possível acontecer);

- receber com naturalidade perguntas sobre sua formação, qualificações profissionais, experiência, honorários e formas de pagamento;

- deixar a decisão final para você;

- pedir todos os exames pré-operatórios, como o sangüíneo, o clínico, o cardiológico e até o raio X do tórax;

9) Se puder, procure conhecer previamente todos os médicos (e as suas especialidades) que estarão presentes durante a cirurgia, mas principalmente tente agendar uma consulta com o anestesista. (O anestesista é o médico que garante sua vida durante todo o procedimento da cirurgia. Ele tem que estar presente durante todo o tempo da cirurgia, porque é função dele monitorar os sinais vitais da paciente durante todo o tempo, e depois acompanhar o retorno da anestesia. Geralmente, os pacientes são encaminhados para unidades de UTI para recuperarem-se da anestesia, aonde estarão sendo 24 horas observados por médicos e enfermeiros);

10) Se possível, procure conhecer o hospital e as acomodações previamente.

11) Não se esqueça de solicitar uma cópia do DVD da cirurgia, bem como o laudo e também o resultado do exame anatomopatológico das lesões que foram retiradas. Todo paciente tem direito a esta documentação! Exija!


Espero que estas Dicas possam ajudá-las a planejar melhor seu tratamento cirúrgico!

24 comentários:

  1. como posso saber as respostas as minhas perguntas?

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga! Geralmente respondemos aqui no blog mesmo. Às vezes demora um pouquinho, mas procuramos responder a todas! Você também pode nos enviar um e-mail para:
    endoamigassp@ig.com.br
    Beijosss

    ResponderExcluir
  3. olá,estou triste porque atraves de uma cirurgia de hernia de hiato meu medico viu que tenho a doença de endometriose,estou um pouco de medo que lendo um pouco mais da doença vi,que tenho todos os sintomas.Até mais

    ResponderExcluir
  4. Amiga, de fato receber o diagnóstico de endometriose nos deixa muito tristes. Mas, ainda bem que você descobriu, pois muitas meninas passam anos com a doença sem saber que são portadoras. Isto pode prejudicar a fertilidade delas e causar muitas dores e transtornos no futuro. Agora que vc já sabe, é bom marcar uma consulta com um especialista em endometriose e seguir o tratamento recomendado. Lembre-se que com o tratamento correto é possível conviver bem com a doença! Pode contar conosco também!! Beijossss

    ResponderExcluir
  5. ANDRÉA RIBEIRO GOULART RS12 de junho de 2011 17:26

    OLÁ BOA NOITE A TODAS AMIGAS E COMPANHEIRAS DA ENDOMETRIOSE. DESCOBRI HÁ APROXIMADAMENTE A 4 ANOS QUE SOFRO DA DOENÇA, ANTES DO DIAGNÓSTICO PELA VIDEO PASSEI POR UM PERÍODO DIFICÍL DEPOIS MELHOREI SÓ QUE A 7 MESES ATRÁS COMOÇARAM TODOS OS TRANSTORNOS NOVAMENTE, HEMORRAGIAS, DORES, ANEMIA, TROCA DE MEDICAÇÃO ENFIM VOU FAZER A VIDEO NOVAMENTE. PASSEI BEM A ÚNICA COISA FOI QUE EU DEMOREI MUITO A ME REESTABELECER DA VIDEO, UM DIA ESTAVA BEM NO OUTRO NÃO CONSEGUIA LEVANTAR DA CAMA, FIQUEI AFASTADA DO MEU TRABALHO POR 2 MESES, GOSTARIA QUE ALGUMA AMIGA ME DISSESSE SE TEVE ESTA MESMA DIFICULDADE DE RECUPERAÇÃO. OBRIGADA E QUE DEUS AS ABENÇÕE.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Andréa! Geralmente a recuperação da videolaparoscopia é tranquila, mas claro, é preciso ter todos os cuidados de um pós-operatório. Depende de cada uma a maneira como o corpo vai se recuperar e também depende do procedimento feito em cirurgia. Algumas meninas se sentem mais debilitadas e outras recuperam-se mais rápido. Talvez isto tenha a ver com a anestesia também. Eu demorei 1 mês para me sentir 100% bem. Entretanto, vale a pena comentar com o médico como vc se sentiu após a vídeo, descreva seus sintomas detalhadamente, pois assim ele poderá planejar melhor seu pós-operatório! Que tudo dê certo para você! Beijosss

    ResponderExcluir
  7. OLÁ MENINAS SOU NOVA POR QUI, MAIS SOU PORTADORA DESSE MAL A MAIS DE 10 ANOS NA ÉPOCA POCO SE SABIA ARRESPEITO, FUI OPERADA EM 1995 COM UM CISTO GIGANTE E O MÉDICO NA ÉPOCA NÃO ME DEU O DIAGNOSTICO DE EMDOME. FUI SIBMETIDA A UM TRATAMENTO COM UMA DOSE DE NEODECAPTIL UMA INJEÇÃO POR MES A QUAL NÃO ME PARMITIA MESTRUAR SEGUNDO ELE (MEDICO) EU TERIA QUE FICAR ALGUNS LONGOS MESES SEM MESTRUAR E FAZENDO CONTROLE COM ULTRA SOM TRANS VAG, ESSE MEDICAMENTO FOI MUITO DEFICIL POIS PARECIA ESTAR NA MENOPAUSA FALADA PELAS MULHERES DE MAIS IDADE, ERA ONDAS FORTISSIMAS DE FRIO E CALOR AO MESMO TEMPO UMA LOUCURA, E MUITO CARO NA ÉPOCA R$ 512,00 CADA AMPOLA.
    APARENTEMENTE FIQUEI BOA NUNCA MAIS TIVE NADA DURANTE UNS 5 ANOS UM BELO DIA PERIUDO MESTRUAL PECEBI QUE CONHECIA DE ALGUN LUGAR QUELE TREMENDO DESCONFORTO, CONTRAÇÕES AI CAIU A FICHA! CARAMBA ESTOU DENOVO COM AQUELE CISTO!JÁ EM 2000 MAIS OU MENOS QUANDO RELATEI PARA UMA AMIGA RESCEM FORMADA EM GINECOL.OBSTETRA E ELA ME INDICOU SEU PROFESSOR GRANDE DR: JOSELMO NO CENTRO DO RIO DE JANEIRO, QUANDO COMECEI A RELATAR O QUE SENTIA E O SINTOMA ERA PARECIDO COM O QUE ME ACONTECEU NO PASSADO ONDE ACABEI PERDENDO TROMPA E OVARI ESQ, E PARTE DO DIREITO, ELE NÃO DEMOREOU MUITO E COMPLETOU TODAS AS MINHAS QUEIXAS, AI VEIO A MELHOR PARTE "VC NÃO TEM QUE SER SUBMETIDA A CIRURGIA ALGUMA HOJE EXISTE UM DIU CHSDO MIRENA DURA 5 ANOS ECOM 8 MESES JÁ NÃO TERA MESTRUAÇÃO ALGUMA, POIS ESSE MAL SÓ CRESCE QUANDO VC MESTRUA ELE TOMA FOÇA E ALASTRA PARA VARIOS OUTROS ORGÃOS, FIQUEI MARAVILHADA!COLOQUEI O DIU E FIQUEI MUITO,MUITO BEM AO PASSAR OS 5 ANOS TIVE QUE TROCA-LO, OK! POREM FAZ 03 ANOS E A FELICIDADE NÃ É A MESMA POIS POR VARIAS VEZES FICO MESTRUADA MUITO POUCO NINIMO MAIS A BENDITA CONTRAÇÃO , PORQUE NÃO OUSO CHAMAR ISSO DE COLICA NUNCA É UMA CONTRAÇÃO MUITO PIOR QUE TER UM FILHO, POISS TIVE O MEU QUE HOJE TEM 19 ANOS.AMIGAS ESTOU NOVAMENTE SENDO ORIENTADA A FAZER A TAL VIDEO LAPAROSCOPIA nã pelo Dr. Joselmo, pois não tenho$$$$$.... e fico con vergonha de ir lá´pois ele é um homem de Deus já me atendeu gratis por algumas vezes e me sinto constrangida na época uma consulta era R$ 450.00 hoje não sei! mais se pudesse iria lá!
    bjs a todas!

    ResponderExcluir
  8. Olá tenho endometriose a 15 anos, e o medico em endometriose que me atendia, dizia que não adiantava operar porque voltava, o detalhe é que hoje tenho 45 anos, queria ser mãe, mas não engravido por causa da endo. Praticamenbte não tenho sintomas, mas meus cistos são bem grandes e tenho miomas tb. Gostaria de saber se alguém conhece um bom medico especialista em endometriose em Curitiba, que opere em hospital, se for possível, gostaria que me enviasse o nome do medico para meu email: kaover2@yahoo.com.br. Agradeço a quem puder me auxiliar. K´tia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Katia, estou em recuperação de uma video feita com dr. Ricardo Schwartz. Ele é bem requisitado e outras amigas fizeram video tb. Se vc tem plano de saúde veja se tem outros que tb fazem o procedimento e peça várias opiniões. sempre é bom ter mais de uma... Boa sorte!

      Excluir
    2. Olá Katia estou me recuperando de uma videolaparoscopia, feita pelo Dr. Gerson Righetto Junior, pesquise no google ele tem um site, marque uma consulta, o consultório dele fica na sete de setembro.

      Excluir
  9. Bom dia!
    Tenho 39 anos e a minha vida toda, desde que fiquei menstruada pela primeira vez, que me lembro de sofrer cólicas fortes que só foram se agravando ao longo do tempo a ponto de se tornarem incapacitantes. Nunca tive filhos, embora também nunca tenha tentado engravidar. Sempre ouvi, dos diferentes médicos que eu fui, que eu devia tomar pílula anticoncepcional para suspender ou minorar as cólicas. Por muitos anos, deu certo. Mas depois de um tempo, não consegui mais me adaptar a nenhuma pílula tendo péssimos efeitos colaterais a todas elas.
    Comecei a sentir umas dores inexplicáveis de uns nove anos para cá, bem na altura dos ovários, mas que era intermitente. Procurei várias especialidades médicas e fiz diferentes tipos de imagem, nada sendo constatado. Tinha épocas que a dor era tão forte que eu tinha até dificuldade de andar, sentar, levantar e já aconteceu inclusive da dor alastrar para as coxas. Começou primeiro só do lado direito e, depois de anos, passou para o esquerdo. Parece incrível que eu tenha ficado com isso por anos sem fazer muito a respeito, mas quando todos os médicos que eu procurava diziam que eu não tinha nada, o que eu poderia fazer? Até apelei para cirurgia espiritual...
    Recentemente procurei um médico especializado em endometriose e ele me pediu um exame de sangue (ca125, que ninguém nunca tinha pedido) e uma RM (que nunca havia sido feita no período certo, durante a menstruação). Mês passado fiz esses exames e, para a minha surpresa, deu tudo normal.
    Considerando que tenho um quadro sintomático que se encaixa bastante com o de endometriose, o médico está sugerindo que eu faça a video laparoscopia cirúrgica mesmo assim, para fazer biópsia dos meus ovários e confirmar se tenho ou não endometriose. Só que tudo que pesquisei até o momento sobre o assunto me leva a crer que algo deveria ter aparecido nesses exames que eu fiz. A única coisa concreta que a RM mostra é que meu útero é maior que o normal, fato que já foi constatado há anos.
    Devo me submeter a um procedimento cirúrgico só por conta de um quadro sintomático quando nenhum exame (nem de sangue, nem de imagem) parece justificar o procedimento? É normal fazer a cirurgia mesmo assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dri! Infelizmente, em se tratando de Endometriose, o padrão-ouro para o diagnóstico definitivo só pode ser dado pela videolaparoscopia, que é uma cirurgia minimamente invasiva que serve tanto para diagnosticar, quanto para já tratar das lesões.
      Os exames de imagem, como RM ou o USG, mesmo quando especializados e feitos por radiologistas que entendem de endometriose, podem não conseguir detectar a presença de endometriose, especialmente quando se trata de doença superficial. Neste caso, os focos da doença são muito pequenos, diminutos, e só podem ser visualizados através da lente de aumento utilizada na videolaparoscopia. Como vc é sintomática, e como nenhum exame consegue detectar a endometriose ou explicar os motivos das suas dores, então, a indicação para a Video é adequada. O importante é ficar sem dores, para ter qualidade de vida, e se estiver com um bom médico, especialista e experimente, certamente a videolaparoscopia será bem tranquila! Boa sorte em seu tratamento, que possa logo descobrir o motivo de suas dores! Bjssss

      Excluir
  10. vou fazer minha primeira videolaparoscopia amanhã,estou super nervosa,meu medico apenas marcou e mim mandou ficar em jejum,o que sei sobre a video é o que achei na net.Tenho 34 anos e o medico falou que posso ter endometriose.Há 14 anos sinto dores absurdas e só agora(vou descobrir o que tenho),fiz varias ultrassom,exames de sangue e nunca dava nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, psr!!
      Como você está hoje? Já fez a videolaparoscopia? Esperamos que esteja bem! bjss

      Excluir
  11. Olá!Meu nome é Priscila e tenho 24 anos.Menstruei pela primeira vez com 13 anos e com 16,devido as cólicas, a irregularidade do meu ciclo(cheguei a sangrar por 2 meses sem parar)e tbm ao diagnóstico de anemia profunda,comecei a usar anticoncepcional de 21 comprimidos.Tomei esse tipo de anti por anos para regular minha menstruação mas continuava sofrendo com a cólicas que ficavam cada dia piores,os remedios comuns nunca fizerem efeito.A um ano atras,meu médico me passou o anti Cerazette,tomei por 4 meses sem pausa mas eu continuava menstruando,troquei pelo Micronor q tbm não teve efeito.Comecei a tomar o Gestinol 28 a 8 meses,não menstruei e no começo tbm não sentia dor mas de 3 a 4 meses pra cá,venho sentindo cólicas horrorosas mas sem estar menstruada!Meu médico suspeita q tenho endometriose no intestino.A um ano atras,fiz ultrassom transvaginal e exame de sangue mas nda foi encontrado no útero.Alguem ja passou por uma situação dessa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Priscila! Bom, seus sintomas sugerem sim um diagnóstico de endometriose, porém para investigar é preciso fazer exames específicos, como os que listamos na postagem sobre "O Diagnóstico da Endometriose", que seriam a Ultrassonografia Transvaginal com Preparo Intestinal ou a Ressonância Magnética da Pelve com Protocolo de Endometriose.
      Com estes dois exames, se forem realizados por um médico radiologista especialista em endometriose, é possível ver se existem focos de endometriose profunda em sua pelve, inclusive no intestino. Porém, vale lembrar que quando a endometriose é superficial, geralmente só pode ser diagnosticada através de uma cirurgia minimamente invasiva chamada Videolaparoscopia. Aliás, a Video é considerada o "padrão ouro" no diagnóstico da endometriose. Então, se vc continua a sentir dores, vale a pena investigar direitinho a possibilidade de estar com esta doença, pois quanto mais cedo é diagnosticada, melhores as chances de sucesso no tratamento, além de preservar sua fertilidade! Esperamos que tudo dê certo em seu tratamento! bjsss

      Excluir
  12. Boa noite.
    Tenho um caso na família grave.Minha cunhada antes de filhos tinha endometriose no útero, fez tratamento e ficou boa.Nesta semana começõu asentir muitas dores abdominais e inchaço e não estava conseguindo evacuar, foi ao médico e o mesmo diagnosticou com Endometriose intestinal, sendo assim ele a operou no dia seguinte dizendo que havia uma infecção.No entato ela foi operada , o médico mandou-a para casa no dia seguinte.Em casa começou a sentir falta de ar, dores abdominais , sua barriga muito inchada, não consegiu evacuar, voltou ao hospital e os médcos a internarão e esta na UTI, e não estão achando qual seria o problema.Como devemos agir neste caso.Estamos muito preocupados.Obrigada se puderem ajudar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Como está sua cunhada? Bom, existem algumas complicações que podem existir durante a cirurgia para tratamento da endometriose. Como já tem um tempinho que você enviou esta mensagem, esperamos que esteja tudo bem com sua cunhada! Se puder, nos envie notícias! Abraços!!!

      Excluir
  13. Boa tarde meninas, meu nome é Sheila

    Meu médico me deu encaminhamento para avaliação cirurgia por endometriose intestinal.
    Alguem tem contato de médico que faça a videolaparoscopia para retirada de lesoes no intestino.
    Pois meu médico indicou um especialista em São Paulo, mas é só particular e só a consulta é R$ 400,00 , inagina os custos da operação ......
    Alguem pode me ajudar ???
    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sheila! No nosso grupo no Facebook, mantemos uma relação de indicações médicas, feitas pelas próprias participantes, de especialistas em endometriose que atendem a convênios. Além disto, existe, também, em SP, hospitais que atendem pelo SUS que fazem este tipo de cirurgia, como o Hospital da Unifesp e também o Hospital das Clínicas da FMUSP. Se quiser ter maiores informações e também outras indicações, solicite sua participação no nosso grupo. Segue o link:

      https://www.facebook.com/groups/gapendi/

      Esperamos que tudo dê certo para vc! Conte conosco! Bjsss

      Excluir
  14. Minha video foi em 2007. Só recebi o resultado do anatomopatológico confirmando a endo no peritôneo e alguns outros achados não ligados a endo).
    Desde aquela época, me pergunto pq não tive a cópa do DVD e Pq os focos daendo na bexiga e nos intestinos não foram biopsiados...
    Na época tive o pudor de perguntar ao médico. Pouca informação é uma droguinha, né?
    Como estou "perigando" outra vídeo, estarei mais atenta.
    Obrigada pela disposição e pelas informações.
    bjs

    ResponderExcluir
  15. OLAÁ , ALGUEM CONHECE GOSERELINA AI PESSOAL ? OBRIGADA !!!

    ResponderExcluir
  16. Bom dia estou com a endometriose no intestino com 0,8 cm por 2,5 profundidade e o genicologista através de uma ressonância do útero quem descobriu agora precido de um gastro que faça a cirurgia do convênio Unimed Paulistana integral alguém me indicaria por favor .

    ResponderExcluir